sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Medeiros apresenta projeto para beneficiar idoso

Por Olívia de Cássia
(Texto e foto)

O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Ronaldo Medeiros, protocolou na tarde desta quinta-feira, 29, um projeto de lei que objetiva beneficiar os idosos do Estado. Segundo o projeto, as empresas privadas que dispuserem em seu quadro funcional 100 empregados, ou mais, deverão disponibilizar no mínimo três por cento do total de funcionários, em vagas para idosos com idade a partir de 60 anos.

Segundo Medeiros, os trabalhadores idosos, “quando desempregados, sentem muita dificuldade para conseguir um novo emprego, o que acaba empurrando esse trabalhador para a miserabilidade e para a dependência dos seus familiares e amigos”.

Ele observa que com o aumento da expectativa de vida da população brasileira, além da contribuição que essas pessoas podem dar para a economia, “o fato de serem absorvidas pelo mercado de trabalho lhes trará benefícios econômicos e benefícios à saúde, pois passarão a se sentir úteis, o que melhora a qualidade de suas vidas”.

Ronaldo ressalta que Alagoas não pode deixar de se preocupar com seus idosos, que hoje, em muitos casos, sofrem pelo abandono por parte de seus familiares e principalmente ficam à margem da sociedade, por não terem uma vida ativa, já que, após a aposentadoria se sentem inúteis.

“Sou um defensor da pessoa idosa e vou lutar bastante para que esse projeto seja aprovado na Assembleia Legislativa”, destaca, acrescentando que espera contar com “a sensibilidade, a solidariedade e o dever cívico e político dos demais deputados, para garantir esse direito à pessoa idosa”, conclui. (Com informações da assessoria)

Falta de Nelito à sessão foi por motivo de saúde, segundo assessoria

Foto-Olívia de Cássia - arquivo
Por Olívia de Cássia

A falta do deputado Nelito Gomes de Barros (PSDB) à sessão da Assembleia ontem, 29, foi uma das justificativas do deputado Olavo Calheiros (PMDB), para requerer à Mesa Diretora da Casa, o adiamento da votação dos vetos à Lei de Diretrizes Orçamentárias. Nelito teria se ausentado da sessão por motivo de doença, segundo o site da Assembleia.

Calheiros também justificou o pedido de adiamento de votação da matéria dizendo que “é complexa, porque a mesma Comissão de Orçamento, da qual saiu a redação que ensejou os vetos do governo, me parece que muda o parecer e pede a esta Casa que se mantenha os vetos”, observou o deputado, acrescentando a importância da presença do relator da matéria,, durante a votação, para as explicações necessárias.

A semana termina com a pauta trancada por duas sessões na Casa de Tavares Bastos. Semana que vem, deve haver muita negociação para que a votação aconteça e a pauta possa ser destrancada para a apreciação de outras matérias.

BIBLIOTECA FANTASMA

Além do tema votação dos vetos, na próxima semana os deputados devem repercutir no plenário notícia publicada nesta sexta-feira, 30, no blog do jornalista Odilon Rios. Segundo a matéria, os deputados querem gastar no próximo ano R$ 1 milhão para manter uma biblioteca.

Segundo o blog, o detalhe é que a biblioteca não existe. Numa casa onde as polêmicas são constantes, essa é mais uma para eles digerirem e explicarem à sociedade, já tão cansada de notícias de corrupção e desvios de dinheiro.

O montante, segundo Odilon, estaria no Orçamento do próximo ano da Casa de Tavares Bastos e seria para “reequipamento da biblioteca e do sistema de anais- os arquivos da ALE”.

Discussões sobre os vetos do governo à LDO causam rusgas na ALE

Toto de Olívia de Cássia - arquivo
Por Olívia de Cássia com assessoria

O debate a respeito dos vetos do Executivo à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), ontem, 29, na Assembleia Legislativa, gerou um clima de insatisfação entre os deputados.

O deputado Antonio Albuquerque (PTdoB) se pronunciou a respeito do atraso na votação e culpou o presidente da Assembleia, deputado Fernando Toledo (PSDB) pelo atraso, que levou ao trancamento da pauta na Casa. ]

Por meio de sua assessoria Albuquerque, que é membro da Comissão de Orçamento deixou claro que o atraso na elaboração do parecer da matéria não foi de responsabilidade dos membros da comissão. Ele disse ainda, que o atraso foi por solicitação da presidência da Casa que estava buscando um entendimento político com o Poder Executivo.

“Fui informado que o presidente, deputado Fernando Toledo (PSDB) queria designar um relator especial para acelerar a tramitação desta matéria, mas foi ele mesmo quem pediu para que aguardasse o entendimento com o governador”, disse o deputado.

Albuquerque também respondeu ao posicionamento do deputado Olavo Calheiros (PMDB), que ao pedir o adiamento da apreciação final da LDO, disse que a Comissão inteira havia mudado o posicionamento.

“Durante a votação eu fui o único deputado a votar contra, por não concordar com a tramitação da matéria dentro da Casa, mas fui voto vencido e tive que respeitar a maioria”, explicou.

Comenta-se no meio político e na imprensa que as negociações continuam, mas o deputado Fernando Toledo (PSDB), presidente da Casa, negou a informação do pedido de dinheiro ao governo.

OPOSIÇÃO

À imprensa, o deputado Ronaldo Medeiros (PT), disse que um segundo parecer foi apresentado na Casa, após um acordo da base governista prevendo um incremento no duodécimo do Poder Legislativo. De acordo com ele, foi por isso que a base oposicionista decidiu se manifestar. A informação está no site Alagoas24horas.

“Eu não participei desta reunião, mas fiquei sabendo por terceiros. Se é bom ou não para a Casa isso é uma questão para se discutir e analisar. Mas é bom que fique bem claro quais serão os benefícios para o Poder Legislativo, uma vez que esta Assembleia é atrasada 15 anos, em relação as outras”, frisou Medeiros.

Também em entrevista ao Alagoas24Horas Fernando Toledo se mostrou surpreso com a informação a respeito do acordo que estaria fazendo com o governo e disse que desconhece.

Projeto Inaê traz inclusão social a crianças carentes de União dos Palmares

Por João Paulo Farias – Texto e Fotos

O Centro de Formação e Inclusão Social (Inaê) vem há mais de um ano trazendo conhecimento a crianças e adolescentes carentes do povoado Santa Fé, localizado no município de União dos Palmares, comunidade essa, que ainda abriga desabrigados das enchentes de 1989 dentro de pavilhões.

Sob a coordenação da ialorixá Mãe Neide Oyá d´Oxum, do Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb), com sede na capital Maceió, o projeto Inaê que faz parte do Guesb, vem por meio da dança, música e teatro, promover a inclusão e respeito às diferenças, independente de religião ou etnia.

Inaugurada em maio de 2010, a sede do Inaê de União, realiza num espaço ainda pequeno, aulas de dança-afro, teatro e pretende implantar aulas de corte e costura e culinária, segundo Leide Serafim (Olodum),coreógrafa de dança afro, o projeto é sem fins políticos ou lucrativos.

O Inaê recebe o apoio da Prefeitura de União, por intermédio da Secretaria de Educação que paga o salário dos três monitores da casa e alguns custos.

“Buscamos ajuda e as mesmas serão bem-vindas”, disse a coreógrafa, que também espera o apoio da Fundação Cultural Palmares, com nova representação no Estado.

Durante o dia, diversas atividades são trabalhadas com estas crianças, as aulas de percussão e teatro ocorrem durante a manhã, pois no horário da tarde os mesmos estudam na Escola Maria Mariá, localizada naquele povoado.

Durante os intervalos, são servidas as refeições, entre o almoço e lanche. A sede do Inaê, também conta com uma biblioteca e espaço para as refeições, que apesar de pequeno acolhe todos.

Para a estudante Marília Gabriela 12, o projeto é de extrema importância, pois segunda ela, apreendeu muito sobre a cultura afro, que tem traços fortes no município que sediou o maior Quilombo das Américas.

Ainda na fala da estudante, as aulas de dança e teatro trazem conhecimento que ela pode passar para crianças da comunidade.

Durante o ensaio da banda de percussão do projeto, pode-se ver a dimensão cultural da música e dança afro, que agora faz parte do dia-a-dia destes alunos, que no mês de outubro, em meios as comemorações da Emancipação Política do município, estarão se apresentando num desfile cívico no centro da cidade.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Genisete toma posse na Fundação Cultural Palmares

Foto de Olívia de Cássia
Genisete de Lucena Sarmento, presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, ex-vereadora e bancária aposentada, participará da cerimônia de apresentação à sociedade de União dos Palmares como a nova representante do escritório da Fundação Palmares no Estado.

Oficialmente ela já tomou posse e assumiu o cargo na Fundação. Genisete é fundadora do PT em União e sempre lutou pelas causas sociais. Na última eleição para vereadora ela ficou como primeira suplente no município.

A cerimônia acontecerá no plenário da Câmara de Vereadores de União dos Palmares, nesta sexta-feira, 30 de setembro, a partir das 20h horas e contará com a participação de representantes da sociedade local.

Olavo Calheiros propõe criação da bancada de oposição ao governo na ALE

Foto de Olívia de Cássia
Deputados não votam os vetos do governo e sessão foi cancelada a pedido de Medeiros

Por Olívia de Cássia - jornalista

O deputado Olavo Calheiros (PMDB), que costumava ser o campeão de faltas no Congresso Nacional - tem até se feito presente nas sessões ordinárias da ALE, a despeito de sua fama de gazeteiro no plenário.

Na sessão desta quinta-feira, 29, Calheiros apresentou um requerimento solicitando a criação da bancada de oposição ao Governo do Estado na ALE, formada pelo PMDB e PT. Uma forma de fortalecer a oposição, que é minoria na Casa.

O governador Teotonio Vilela vai ter que articular bem sua bancada, apesar da maioria na Assembleia Legislativa. Segundo o blog do jornalista Ricardo Mota, os deputados estão pedindo ‘na moita’ R$ 150 milhões de duodécimo para 2012 e o governo teria oferecido R$ 119.977.

As negociações continuam, mas o deputado Fernando Toledo (PSDB), presidente da Casa, negou na imprensa a informação do pedido de dinheiro ao governo. A expectativa da sessão de hoje era a votação dos vetos do governo à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012, que segundo informou o presidente Fernando Toledo (PSDB) à imprensa, durante a semana, seria o prazo-limite.

Mas durante a votação, Olavo Calheiros (PMDB) levantou uma questão de ordem à Mesa Diretora, baseado no Regimento Interno do parlamento e propôs à Presidência da Casa o adiamento da matéria, por entender que se fazia necessária a presença do relator, deputado Nelito Gomes de Barros (PSDB), durante a votação.

Nelito não compareceu nem ontem nem hoje à Casa. “Seria importante para que pudéssemos debater ponto a ponto os principais questionamentos”, disse Calheiros. Já o líder do governo, Edval Gaia Filho (PSDB), requereu que Calheiros retirasse o pedido de suspensão.

“A LDO é de fundamental importância para o desenvolvimento do Estado, por isso, acreditando no bom senso, queria solicitar ao caro colega compreensão”, observou o líder do governo.

Mas apesar do apelo, Calheiros manteve a solicitação de adiamento da votação e não restou outra coisa ao presidente Fernando Toledo a não ser atender à solicitação de Olavo Calheiros, informando ao plenário que a votação da matéria ficaria suspensa por duas sessões.

FALECIMENTO

O deputado Ronaldo Medeiros informou que a sessão especial de sua autoria, que seria realizada nesta sexta-feira (30), foi cancelada devido ao falecimento do empresário Juca Sampaio, filho do ex-vice-governador de Alagoas, Geraldo Sampaio. Juca é presidente da TV Alagoas / SBT e faleceu na madrugada de quinta-feira (29). O presidente da Assembleia Legislativa decretou luto oficial pela morte do empresário, além de pedir o cancelamento da sessão. (Com informações da ALE, Sessão Pública e assessoria de Ronaldo Medeiros)

Esse sentimento meu

Olívia de Cássia - jornalista

Esse sentimento que eu trago reprimido no meu peito, volta e meia teima em querer se revelar. Uma revelação que não cheira a novidade, mas que eu tento reprimir para não sofrer tanto assim, quando ele me ronda feito um fantasma que não quer se personalizar.

É a saudade esse sentimento que carrego dentro de mim. Por que ainda penso nesse amor se tenho a convicção de que não há mais chance nem possibilidades para abraçar novamente teu corpo, sentir tua pele e nela saciar a minha fome de você?

Não quero alimentar na minha alma nem um pouco de esperança, já que não há mais chance para nós. Mas eu daria uma parte do melhor de mim se pudesse mudar o passado, se eu pudesse transformar experiências vividas, idade acumulada em um instante que fosse para ter outra chance na vida.

A chance de ser uma mulher feliz e completa, mais segura, uma pessoa mais esperta e não tão condescendente como tenho sido até agora. Nem sempre a felicidade está onde a gente procura.

Às vezes a gente se engana com aquilo que acredita e passa uma vida inteira se enganando e procurando-a no lugar que não está. Onde está a felicidade? A felicidade não está no outro. Não está em lugar que não se pode alcançar.

Não é inatingível a felicidade, mas ela pode estar onde menos a procuramos. A felicidade pode estar dentro de mim se eu souber administrá-la e canalizá-la para outras situações. Desvincular esse sentimento de vez do amor.

Saudade... Será o amor um sacrifício? É possível o sacrifício do amor e por amor? Amor sem sacrifícios é amor? O que será o amor: uma vida de ausências? Quem tem medo de arriscar vive um amor pleno? O que é amor, afinal?

Por que a cabeça da gente fica tão confusa em situações de perigo? Eu estou em perigo, perigo de mim. São tantas as minhas inquietações e indagações que elas não caberiam aqui, não cabem dentro de mim.

Vivo só, sou independente, ninguém comanda meus passos hoje, passos tão desequilibrados. Sempre defendi a minha independência, mas ela, conquistada com muita renúncia, não me tornou uma pessoa plena. Isso é estranho.

Por que será que isso acontece? Sempre defendi, absorvi e passei a minha vida inteira defendendo essa liberdade . Não há nada melhor do que a liberdade da gente, mas para que a gente a alcance, a gente tem que passar por sacrifícios.

Não seria possível conquistar essa liberdade e a felicidade almejada sem que se tenha que renunciar a um bem-querer e a outras situações da vida? A vida às vezes não parece justa. O que é justo na vida?

Minha cabeça dá mil e uma voltas tentando encontrar o caminho certo, tentando fazer as coisas como devem ser feitas, tentando ser uma pessoa melhor, conciliando isso tudo com a felicidade e a harmonia. Mas isso é possível nos dias de hoje? Alguém pode me orientar sobre isso? O que faço?

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Medeiros defende contratação imediata da Reserva Técnica da PM

Foto de Olívia de Cássia
Por Olívia de Cássia – jornalista

O deputado Ronaldo Medeiros defendeu ontem a contratação imediata pelo Governo do Estado, da Reserva Técnica da Polícia Militar. Ele observou que os profissionais “são pessoas que estudaram para passar no concurso público e estão esperando há anos a nomeação”, ressaltou.

Ainda de acordo com Medeiros, o valor que o Governo vai gastar para contratar os inativos deveria ser usado para abrir concurso público para a área administrativa.
Ele questionou ontem uma denuncia veiculada no jornal Gazeta de Alagoas, de terça-feira 27, informando que o Governo do Estado vai devolver recursos federais na área de segurança pública.

“Como um Estado pobre ficar sem recursos, devolve, por falta de projetos na área de segurança pública? Um estado que vive uma situação crítica, onde a violência está dominando, os cidadãos comuns estão com medo de sair de casa, lamentável”, destacou o petista.

Ainda em seu pronunciamento, o deputado Ronaldo Medeiros apelou para que o Governo do Estado flexibilize os termos do edital da licitação do transporte alternativo. "Para que os pequenos transportadores sejam também contemplados, afinal, são cerca de 5cinco mil trabalhadores que vão ficar desempregados", observou. (Com informações da assessoria)

Grupo Dona Mariquinha se apresenta no Théo Brandão

Foto: Olívia de Cássia
Amanhã (29), o Museu Théo Brandão recebe, a partir das 19h, o Projeto Engenho de Folguedos com as apresentações dos grupos: Baianas Mensageiras de Santa Luzia, da mestra Vanessa e Guerreiro Vencedor Alagoano, do mestre Juvenal Leonardo.

Nessa edição o projeto receberá, como convidado, o grupo Dona Mariquinha. O visitante, além de apreciar os folguedos, poderá visitar as salas de exposições do MTB. O evento contará também com barracas gastronômicas.

O Projeto Engenho de Folguedos é uma parceria do Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore, Associação de Folguedos Populares (Asfopal) e Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e acontecerá regularmente, no Théo Brandão, na última quinta-feira de cada mês. A entrada é franca. Mais informações: (82) 3221-2651 /3221-2977.

Vetos à LDO só entram para votação amanhã


Por Olívia de Cássia – Texto e foto

Na sessão da Assembleia Legislativa, desta quarta-feira, 28, o plenário registrou um quórum de 17 deputados. Apesar do quorum para votar matérias e do parecer da Comissão de Orçamento e Finanças ter orientado a derrubada de uns e aprovação de outros dos vetos do governo à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o presidente Fernando Toledo (PSDB) comunicou ao plenário que, por entendimento de lideranças, só amanhã serão votados.

Ontem, o presidente da Casa informou que a Comissão de Orçamento teria um prazo até hoje, quarta-feira, 28, para encaminhar o parecer sobre os vetos governamentais aposto ao projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

RELATOR

O presidente da Comissão de Orçamento, deputado Gilvan Barros (PSDB), informou que o relator designado para apreciar as razões dos vetos, o deputado Nelito Gomes de Barros (PSDB), entregaria o relatório ainda ontem, mas pelo visto isso não aconteceu.

“Ficou combinado na semana passada que hoje (ontem) estaríamos reunidos na Comissão para apreciar esse relatório e encaminhá-lo à presidência”, disse Barros, acrescentando que espera desobstruir a pauta da Casa ainda nesta quarta-feira, 28, com a apreciação do relatório da Comissão. Apesar dessas declarações, o presidente comunicou que só amanhã a matéria será votada.

JARAGUÁ

O deputado Dudu Hollanda (PMN) criticou ontem o vandalismo praticado contra a iluminação pública do bairro de Jaraguá. O parlamentar foi procurado por alunos da Faculdade Estácio (antiga Faculdade de Alagoas – FAL), que tem uma de suas unidades localizada no bairro.

Hollanda disse que procurou o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP), e o superintendente de Iluminação de Maceió (Sima) para solucionar o problema. Segundo ele, os carros dos alunos estão sendo roubados e depredados. “É importante que o governo estadual também se posicione em relação a este assunto. Os alunos não podem ficar desprotegidos. É preciso ter segurança no bairro”, argumentou.

Participaram da sessão os deputados: Temóteo Correia (DEM), Sérgio Toledo (PDT), Joãozinho Pereira (PSDB), Jota Cavalcante (PDT), Severino Pessoa (PPS), Jeferson Morais (DEM), Cícero Ferro (PMN), Gilvan Barros (PSDB), Ricardo Nezinho (PT do B), Fernando Toledo (PSDB), Dudu Holanda (PMN), Ronaldo Medeiros (PT), João Henrique Caldas (PTN), Edival Gaia (PSDB), Flávia Cavalcante (PMDB) e João Beltrão (PRTB), Olavo Calheiros (PMDB). (Com informações da Ascom/ALE)

Em União, redução de comparecimento para Cadastro Biométrico preocupa Justiça Eleitoral

João Paulo Farias
Por João Paulo Farias – Texto e Fotos

A redução de comparecimento dos eleitores da Vigésima Primeira Zona que abrange os municípios alagoanos de União dos Palmares e Santana do Mundaú preocupa o Cartório Eleitoral que teme um aumento destes eleitores, próximo ao final do prazo de cadastro.

Segundo a chefe substituta do Cartório Eleitoral de União dos Palmares, Zelma Félix, o comparecimento do eleitorado palmarino foi reduzido há uma média de 250 cadastros por dia, fator esse negativo, tendo em vista o prazo para esse recadastrando, que se encerra em 22 de novembro.

Até o momento foram recadastrados cerca de 39,9 % dos eleitores desta Zona, um número ainda baixo. Na fala da chefe substituta, o Cartório conta com treze pontos de cadastro, mas esse número será reduzido em 40%, pois a partir do dia 10 de outubro, parte dos computadores e pessoal, serão enviados ao município de Santana do Mundaú.

O apelo da Justiça Eleitoral é que esses eleitores comparecem ao Cartório para realizar esse cadastro, pois quanto mais próximo do término desse período, os transtornos aumentam, devido as filas e demora no atendimento. Caso não seja realizada essa Revisão Biométrica, os títulos não-cadastrados serão cancelados, além de outras sanções da Justiça.

Casa de Maria Mariá será inaugurada em outubro

Foto: João Paulo Farias
Por João Paulo Farias – com colaborador*


Após oito meses de reformas, a Casa Maria Mariá, transformada em museu após sua morte, em 1993, será reaberta no próximo dia 11 de outubro, em meio às comemorações dos 180 anos de emancipação política de União dos Palmares.

A reforma iniciada pela prefeitura municipal gerou polêmica há alguns meses, pois parte do acervo da professora, historiadora e jornalista, que ajudou a contar a história de União dos Palmares, colecionado durante sua vida, entre livros, objetos históricos, documentos e fotografias, ficaram expostos a poeira e umidade, perdendo boa parte deste.

O secretário municipal de Cultura, o sociólogo Elson Davi, disse que essa inauguração é uma forma de aproximar os palmarinos da história dessa mulher, como figura feminista e lutadora, apaixonada por União. Para o secretário é motivo de felicidade fazer parte da equipe que irá reabrir a Casa.

Foto: João Paulo Farias



Questionado sobre a situação do acervo, Elson Davi disse que boa parte foi perdida, devido a um abandono de quinze anos, “Estamos restaurando muita coisa e que estará de volta a Casa num processo gradativo”, frisou o secretário. Que pede ainda que a população seja mais presente as questões culturais no município.

A Casa de Maria Mariá, contará com um Memorial em homenagem à historiadora e também no mês de novembro será inaugurada a biblioteca municipal, que funcionará na Casa, que na fala do secretário, ainda terá no futuro um Espaço Cultural.

*Colaborou: Nivaldo Marinho – Rádio Zumbi Fm

Câmara de União aprova aumento de vereadores de 10 para 15

Por João Paulo Farias – com assessoria

Foto: João Paulo Farias



A Câmara Municipal de União dos Palmares aprovou na manhã desta terça-feira, 27, durante sessão ordinária, em segundo turno, o aumento de 10 para 15 no número de vereadores para a legislatura de 2013.O projeto de emenda ao parágrafo 3º do artigo 10 da Lei Orgânica Municipal, foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares.

Antes da aprovação desse aumento, a Câmara de União realizou uma audiência pública, para discutir com a sociedade e membros de partidos locais o porquê da medida que visa a adequação da Lei Orgânica à Emenda Constitucional N° 58, de 23 de setembro de 2009, que definiu o número máximo de vereadores em casas legislativas de acordo com a população do município, permitindo que União dos Palmares tenha até 15 vereadores.

Na sessão ordinária de terça-feira, 20, a votação do referido projeto foi aprovada em primeiro turno, onde nas discussões dos parlamentares foi destacado que esse aumento não irá afetar o erário, ou seja, o repasse de verba para a Casa continuará o mesmo, que é de sete por cento da arrecadação municipal.

Nesta sessão não houve manifestação dos vereadores em relação ao assunto. O próximo passo, segundo o presidente da Câmara, Bruno Leitão Praxedes, será a promulgação da emenda, que entrará em vigor imediatamente, bem como o envio de cópia da mesma para que a União dos Vereadores de Alagoas - Uveal e o TRE/AL tomem ciência do aumento no número de vagas da Câmara Municipal.

Comissão das enchentes analisa contratos das obras de reconstrução

Assessoria
Maioria dos documentos está com cronograma atrasado e verba pode voltar aos cofres públicos

Por Charlene Araújo

A Comissão das Enchentes (CENC) reuniu seus integrantes na tarde desta terça-feira, 27, para avaliar os contratos da Secretaria Estadual de Infra-Estrutura e da Secretaria de Desenvolvimento Social. A CENC havia solicitado dessas secretarias os processos administrativos gerados após as cheias de 2010 para saber o que foi feito até o momento nos municípios atingidos pelas chuvas.

Participaram do encontro o presidente da CENC, João Henrique Holanda Caldas (PTN), o relator, Sérgio Toledo (PDT), membro da comissão, Olavo Calheiros (PMDB) e ainda o deputado Jota Cavalcante (PDT).

Os deputados analisaram cada contrato apresentado e ficaram preocupados com a maioria deles, pois o prazo para execução das obras está próximo de se esgotar, correndo o risco da verba destinada pelo Governo Federal retornar aos cofres públicos sem ter sido devidamente utilizada nos municípios atingidos pelas chuvas no ano passado, a exemplo dos R$ 122 milhões enviados para a construção de 73 novas escolas, onde somente 10 destas podem ficar prontas de acordo com o cronograma.

Ainda durante a reunião os deputados ficaram sabendo que a Caixa Econômica Federal informou que a construção das casas deverá ser paga pelo Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), o qual ainda não fez previsão de orçamento e, segundo o deputado Jota Cavalcante, não há reunião há algum tempo. O Fecoep é presidido pelo também coordenador do Programa da Reconstrução, o vice-governador José Thomaz Nonô.

Ao término do encontro, os integrantes da CENC decidiram solicitar à Seinfra os cronogramas físicos – financeiros destes contratos, para que pudessem ter uma noção real do que está sendo destinado aos municípios. De posse deste documento, os deputados pretendem organizar um relatório detalhado para ser entregue a cada prefeito e ao Ministério Público Federal, para que haja maior fiscalização e celeridade no andamento das obras.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Deputados acompanham investigação de abuso sexual no Pará

As deputadas Janete Pietá (PT-SP) e Erica Kokay (PT-DF) e o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), todos da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 26/9, na sede da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, em Belém, no Pará, para discutir a denúncia de abuso sexual contra uma adolescente de 14 anos na Colônia Agrícola Heleno Fragoso, na Vila de Americano, município de Santa Isabel do Pará, nordeste do Estado, onde ficam os presos do regime semiaberto.

“Nossa visita, como representantes da Comissão de Direitos Humanos, tem como objetivo fazer com que o inquérito tenha celeridade e que a quadrilha que comanda a rede de exploração de mulheres e de adolescentes, além do tráfico de drogas, seja identificada e desbaratada”, informou Janete Pietá.

Durante a reunião, os deputados questionaram o Governo do Estado sobre planos para o combate às redes de exploração sexual; andamento do inquérito que apura a violência cometida contra a menor, paradeiro dos presos acusados de ter estuprado a adolescente e situação do serviço de identificação por meio de biometria nas casas penais do Pará.

“Posteriormente, vamos elaborar um relatório que será enviado ao Ministério da Justiça, ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e à Secretaria Nacional de Direitos Humanos”, acrescentou.

O secretário Luiz Fernandes esclareceu que a identificação da população carcerária, por meio do sistema de biometria, já está sendo realizada em todas as cadeias localizadas na Região Metropolitana de Belém no serviço de identificação criminal e controle de acesso. O serviço será estendido para outras casas penais do interior.

Luiz Fernandes informou também, que dois inquéritos estão sendo conduzidos pela polícia para apurar o caso que envolveu a adolescente e a permanência de mulheres nas dependências da Colônia Heleno Fragoso: um na Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) e outro na Divisão de Operações e Operações Especiais (Dioe), ambas delegacias especializadas da Polícia Civil do Pará.

Ele disse que dos seis detentos acusados de ter violentado a adolescente, cinco estão presos e um está foragido.

Também participaram do encontro, o secretário de Justiça, José Acreano Brasil Júnior; o superintendente do Sistema Penitenciário do Estado, major PM Mauro Barbas da Silva; a coordenadora do Programa Pro Paz, Izabela Jatene; o deputado estadual Edilson Moura (PT-PA); e a irmã Henriqueta Cavalcante, representante da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Visita à Colônia


Após a reunião, os parlamentares seguiram para uma visita à Colônia Agrícola Heleno Fragoso. “Quisemos ver pessoalmente como funciona a Colônia Agrícola”, informou Janete Pietá.

Segundo ela, 90% dos detentos são oriundos de Santa Isabel do Pará. A maioria deles fez reivindicações relacionadas a mutirão carcerário e a qualificação profissional. (Com informações do Site da deputada Janete Pietá (PT/SP)

PSOL de União dos Palmares decide que disputará eleições em 2012

Foto: José Marcelo Pereira - cortesia
Membros do Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de União dos Palmares se reuniram no último sábado, 24, onde também compareceram alguns representantes do Diretório Estadual do Partido, inclusive o Presidente Estadual do PSOL, engenheiro Mario Agra Junior, a fim de que fossem escolhidos os novos representantes do diretório municipal, além de se iniciar as discussões internas visando à participação do PSOL nas eleições municipais de 2012.

Antes do Encontro Regional de União dos Palmares, Mario Agra Junior e Nilander Diniz, representando o Diretório Estadual, Josivaldo Ramos e Marciângela Gonçalves, representando o Diretório Municipal de União dos Palmares, concederam entrevista a membros do Programa Mesa Z, na Radio Zumbi FM, no centro de União dos Palmares.

Após a entrevista, todos se reuniram em uma chácara localizada na região dos Frios, distante cerca de 5 km do centro municipal, e, por aclamação, filiados do PSOL em União dos Palmares decidiram conduzir José Carlos Leão à presidência do PSOL, tendo Marciângela Gonçalves, sido escolhida como vice-presidente e secretária-geral, Wechily Oliveira, foi reconduzido ao cargo de tesoureiro e por fim, Josivaldo Ramos, que assume a secretaria de Comunicação do PSOL de União dos Palmares; todos assumem suas funções com o desafio inicial de recrutar novos filiados no município, além de preparar o partido para as eleições do ano vindouro.

Foi ainda deliberado durante o encontro regional de União dos Palmares que o PSOL irá participar ativamente das eleições 2012 no município, apresentando chapa para a eleição majoritária, bem como para a eleição proporcional.

Inicialmente ficou definido que o PSOL de União dos Palmares estará aberto à conversação com outros partidos, podendo, caso haja um projeto comum, pautado na ética e no socialismo, haver composição de chapas visando às eleições de 2012 e o desenvolvimento do município. (Fonte: Secom PSOL de União dos Palmares)

domingo, 25 de setembro de 2011

De volta à nostalgia

Olívia de Cássia – jornalista

Tantos anos já se passaram e dentro de mim ainda carrego aquele sentimento que os anos e o peso da idade não levaram. Nesta sexta, 23, começou a primavera e também o Rock in Rio, um encontro de gerações. Deu uma vontade danada de ir para lá, como se ali eu fosse encontrar a minha juventude já distante.

De volta no tempo eu Lembrei do meu querido amigo Alonsinho de novo. Certamente se ele tivesse ainda nesse plano estaria lá, na cidade do rock. Com certeza deve estar lá em espírito, com aquele seu doce olhar e sorriso tímido, dançando, bebendo e curtindo suas bandas preferidas.

Tem três dias que me encontro nostálgica, com saudade de mim, daquilo que já fui um dia. Uma jovem sonhadora, idealista, que queria transformar o mundo com seus ideais e seu s pensamentos doces de menina.

Tranquei as portas do meu coração e joguei a chave fora, costumo dizer aos amigos, mas vez por outra eu sinto falta daquele amor que a vida já me orientou a esquecer e deletar do pensamento de vez.

Na TV recomeçou a exibir os melhores momentos da primeira noite do Rock in Rio. Paralamas, Titãs, Milton Nascimento e Toni Beloto relembram Fred Mercury. Não resisti e me vieram as lágrimas, lágrimas de saudade.

Elton John deu o seu show me fazendo lembrar dos hits que eu tanto cantei na adolescência e juventude. Como é doce a mocidade! Paralamas e Titãs também homenagearam Raul Seixas. Muita gente no show.

Sexta-feira eu levei uma queda feia no ônibus, chorei muito, estou toda dolorida, coisas da minha sina e herança. “Você tem fome de quê? Eu tenho fome de felicidade, de arte e de vida. Quanto tempo eu desperdicei na vida! Não tenho mais tempo, só quero viver o que me resta de vida.

“Desejo, necessidade, vontade”. O rock in Rio, embora eu não tenha ido a nenhum espetáculo, significa muito para mim. É o resgate da minha juventude, de tudoo aquilo que eu sempre sonhei e quis para mim. Uma vida agitada, de muita cultura, diversão, festa, de gente alegre e divertida, de vida latente.

Estou dormindo depois das quatro da matina para ver na TV parte do show do Rock in Rio. Dois dias já que amanheço o dia vendo a festa. Ligo a TV e uma moradora de Cruz das Almas reclama de uma obra que está incomodando a comunidade.

A cabeça dói; tenho vontade de sair para fotografar por aí, nessa tarde de sábado, mas a violência das ruas me impede e me assusta. Que Deus tenha piedade de nós.

sábado, 24 de setembro de 2011

Bairro de Jaraguá está abandonado

Olívia de Cássia – jornalista
(Texto e foto)

O bairro de Jaraguá, em Maceió, já viveu tempos áureos em sua história. Segundo os historiadores, a capital alagoana deve seu desenvolvimento ao Porto de Jaraguá, que possuía um localização privilegiada na primeiramente capitania, logo após, província de Alagoas.

Graças ao porto, a cidade alcançou um crescimento tal que motivou a mudança da capital da província para Maceió. O local passou a ter um grande fluxo de comércio, contando com muitas lojas e armazéns.

“Na segunda metade do século XX veio a decadência do bairro, sendo aos poucos abandonado, tanto pelo comércio quanto pelos moradores. Na década de 1990, a prefeitura iniciou um projeto de revitalização, restaurando ruas e casarões.

Boates e casas de shows foram abertas, assim como uma faculdade privada, a Faculdade de Alagoas (FAL), outra de pós-graduação, a Unifal, e mais agências bancárias. Mas nos últimos anos, o bairro novamente sofreu desvalorização, a despeito dos constantes investimentos dos governos locais.

O bairro é sede da Prefeitura, do Museu da Imagem e do Som, da sede da Polícia Federal, da Associação Comercial de Maceió e do Centro de Convenções, construído recentemente para receber eventos de grande porte na cidade, além de outros estabelecimentos.

Hoje o local está relegado à própria sorte, abandonado, com ruas esburacadas e às escuras, muitos prédios em ruinas. É difícil a gente passar no local depois das 17h. Se alguém se arriscar a passar à noite, certamente será assaltado.

Não há no local sequer um guarda municipal ou policiamento que garanta a integridade física da população. É bom lembrar que em Jaraguá ainda funciona faculdades, restaurantes, agências bancárias e residências, que precisam de policiamento e cuidados do poder público.

É de dar pena a situação em que se encontra o Jaraguá hoje. No passado foi poit dos boêmios, bairro de prostituição.

Depois, em governos e administrações passadas, resolveram revitalizá-lo, passou um tempo sendo a menina dos olhos de intelectuais e da boemia, novamente, com bares funcionando e muita movimentação, mas agora o desprezo tomou conta de vez do local. É preciso que a Prefeitura e o poder público olhe com mais carinho para o bairro.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Alagoas participa da Feira Internacional de Paisagismo em São Paulo

Hoje, 23, primeiro dia da 13ª Fiaflora Expogarden – Feira Internacional de Paisagismo, Jardinagem, Lazer e Floricultura - principal vitrine de lançamentos e negócios para o setor - foi marcado pelo otimismo e confiança dos expositores no sucesso da feira, que acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, até domingo, dia 26. Alagoas participa do encontro.

Dentro do evento a Associação Nacional de Paisagismo (ANP) e a Prefeitura Municipal de Penedo estão expondo os trabalhos finalistas do III Concurso Nacional de Paisagismo, onde Penedo foi a cidade escolhida para o desenvolvimento dos projetos.

Foram inscritos 27 projetos de arquitetos, paisagistas e escritórios de arquitetura renomados do Brasil e do exterior- dos quais três finalistas estão concorrendo ao prêmio. A área de urbanização e paisagismo será a Lagoa do Oiteiro, no Bairro Senhor do Bonfim, em Penedo.

No local estão sendo construídos o Fórum e um Posto de Saúde do PSF. A área também abrigará futuras instalações: Espaço Mais Cultura (edital do Minc no qual Penedo foi o segundo colocado em 2010, dentre 370 cidades do Brasil - 20 foram vencedores).

Ainda haverá a construção do novo prédio do INSS e a sede da OAB.
Todas ações vinculadas à prefeitura de Penedo. Umas com doações de terreno, e outras com a viabilização total do projeto. (Com informações da assessoria)

Escola em Rio Largo sem infraestrutura para funcionar, denunciam professores

Uol
Logo após a enchente, o governo federal liberou R$ 122 milhões para a construção de escolas destruídas pelas águas do Mundaú

Olívia de Cássia – Repórter

A Escola Renato Jarsen de Melo, da rede municipal de ensino de Rio Largo, está sem condições de funcionar. Segundo informações de professores da unidade de ensino, a água está contaminada por bactéria “e o secretario de Educação do município disse que não é pra suspender a merenda porque só basta ferver e botar hipoclorito”, denuncia um professor que pediu para não ser identificado.

Ele conta que os professores e demais integrantes da escola estão com medo de consumir a merenda e a água. “A escola fornece água pra várias ruas próximas ao prédio. E a diretora disse que o secretário tem um laudo da Vigilância Sanitária, dizendo que basta ferver e botar hipoclorito mas não identificou a bactéria e ninguém nunca viu esse tal laudo”, conta.

Além desse problema na Escola Renato Jarsen de Melo, o professor observa: “Aqui tem água de chuva e esgoto empossada ao lado da escola, perto de onde fica o poço e a água suja está infiltrando para dentro do poço”.

Ontem, 22, os deputados discutiram na Assembleia a decretação de emergência na Educação pelo governo do Estado. A oposição questionou o fato de o governo federal ter liberado verba para o setor, logo depois da enchente.

O deputado João Henrique Caldas (PTN), fez um relato dos problemas enfrentados pela rede estadual de ensino, onde as escolas públicas estão com a estrutura danificada, oferecendo riscos aos alunos, professores e demais profissionais que atuam nas unidades.

O deputado observou ainda que esteve no Ministério da Educação (MEC), em Brasília, onde foi informado que a instituição não sabe o que estava ocorrendo em Alagoas, já que foram enviados cerca de R$ 122 milhões para a construção de escolas destruídas pelas enchentes de junho do ano passado. Com a palavra o secretário de Educação do município e o prefeito de Rio Largo, Toninho Lins.

Omar Coêlho é reconduzido como coordenador do Colégio de Presidentes de OABs

Mandato do coordenador é de um ano e meio

Fonte: Ascom CFOAB

São Luís (MA), 23/09/2011 - Os dirigentes das 27 Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), reunidos hoje (23) em São Luís, reconduziram o presidente da Seccional da OAB de Alagoas, Omar Coêlho de Mello, para atuar como coordenador nacional do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB.

O mandato do coordenador é de um ano e meio. A reunião está sendo conduzida na capital maranhense pelo presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante.

Também participam da reunião, além dos dirigentes das 27 Seccionais da OAB, o vice-presidente da OAB Nacional, Alberto de Paula Machado, o secretário-geral da entidade, Marcus Vinícius Furtado Coêlho, e o diretor-tesoureiro do Conselho Federal, Miguel Cançado.

Também acompanham os trabalhos os membros honorários vitalícios da OAB, Hermann Assis Baeta e Roberto Busato, o presidente da Coordenação Nacional das Caixas de Assistência dos Advogados (Concad), Arnaldo de Araújo Guimarães, e o presidente da OAB maranhense, Mario Macieira, anfitrião da reunião.

OAB/AL e TRE montam posto para recadastramento de advogados

Por Luiza Barreiros - Assessoria

Entidade cedeu servidores e computadores para garantir até 400 atendimentos diários em posto montado na Justiça Federal

Uma parceria entre a Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está garantindo aos advogados alagoanos a realização do recadastramento biométrico em um posto montado na Justiça Federal. Para viabilizar o atendimento de até 400 pessoas por dia, a OAB/AL cedeu ao TRE 12 funcionários e cinco computadores utilizados no recadastramento. Todo o trabalho é coordenado por servidores do TRE.

O atendimento no posto da Justiça Federal foi iniciado na última segunda-feira, dia 19, e segue até o próximo sábado, dia 1º de outubro.

“Desde junho havíamos nos oferecido para ajudar o Tribunal a viabilizar o recadastramento eleitoral para os advogados. No último dia 15, nos reunimos com o juiz Maurílio Ferraz, com o corregedor do TRE Raimundo Campos, com o juiz eleitoral Luciano Guimarães e com o diretor da Justiça Federal, juiz Paulo Cordeiro, que gentilmente cedeu à OAB e ao TRE o espaço que já vinha sendo disponibilizado para recadastramento dos servidores da Justiça”, contou Omar Coêlho.

Segundo o supervisor de biometria em Maceió, Luis Gustavo Lúcio, esse tipo de parceria é importante por ajudar a Justiça Eleitoral de Alagoas a alcançar o objetivo de concluir o recadastramento até 16 de dezembro. Em Alagoas, já foram recadastrados 650 mil eleitores, sendo 150 mil em Maceió.

A OAB/AL também está colaborando com a Justiça Eleitoral fazendo o agendamento e distribuição de senhas aos advogados. Para solicitar o agendamento, basta enviar pedido para o e-mail recadastramentoeleitoral@oab-al.org.br, informando o número da OAB e indicando data e horário preferenciais.

O atendimento é iniciado às 8h e encerrado às 15h (segunda a sexta) e às 14h (sábados). Em Maceió, só podem fazer o recadastramento eleitores da capital ou que desejam transferir o título para a capital.

ARAPIRACA – O presidente da Subsecção da OAB em Arapiraca, Maurício Fernandes, afirmou ontem que já solicitou à Justiça Eleitoral no município a instalação de um posto de recadastramento para atendimento de advogados. Segundo ele, como ainda existem poucos kits biométricos disponíveis, o pleito da OAB Arapiraca só deverá ser atendido a partir de outubro.

“A informação que recebemos é que o número de kits deverá ser ampliado de quatro para 50, o que também viabilizará uma parceria para beneficiar advogados do interior do Estado”, afirmou Fernandes.

Deputados debatem a decretação da emergência na educação

Fotos de Olívia de Cássia
Por Olívia de Cássia - Jornalista

A decretação do estado de emergência pelo governo do Estado esta semana foi tema de debate dos deputados na tarde desta quinta-feira, 22, na Assembleia Legislativa e rendeu muitas falas. O primeiro deputado a se posicionar sobre o tema foi João Henrique Caldas (PTN).

Ele usou a tribuna da Casa para relatar os problemas enfrentados pela rede estadual de ensino, onde as escolas públicas estão com a estrutura danificada, oferecendo riscos aos alunos, professores e demais profissionais que atuam nas unidades.

Segundo João Henrique, “a educação tem sido alvo de várias reformas políticas, mas nenhuma concreta, no que diz respeito às salas de aula, à estrutura física mínima adequada para que crianças e adolescentes possam ter atividade ou desenvolvimento intelectual e cultural em sua plenitude”.

O deputado observou ainda que esteve na semana passada no Ministério da Educação (MEC), em Brasília, onde se reuniu com o chefe de Gabinete da instituição, José Luiz Balalaica que, juntamente com o diretor de Articulação do MEC, Romeu Caputo, lhe informaram não saber o que estava ocorrendo em Alagoas, já que foram enviados cerca de R$ 122 milhões para a construção de escolas destruídas pelas enchentes de junho do ano passado.

João Henrique disse ainda que ficou até surpreso com a resposta. “Disseram: deputado, nós não temos o que lhe dizer, o dinheiro está na conta, são R$ 122 milhões. Não sabemos porquê não fazem as escolas, mas no dia 31 de dezembro estaremos indo buscar o dinheiro”, contou Caldas, mostrando-se bastante preocupado com o fato, uma vez que o chefe de Gabinete do MEC, José Luiz Balalaica, teme que esses recursos sejam devolvidos na sua integralidade.

Judson diz que educação está em situação crítica

O deputado Judson Cabral (PT) criticou o fato de o governo do Estado ter reconhecido só agora, passados cinco anos de gestão, que a educação pública estadual está em situação crítica. Ele mostrou-se preocupado com o decreto de situação de emergência na educação que aplicará, com dispensa de processo licitatório, R$ 40 milhões para recuperação da rede estadual de ensino.

O petista disse que é algo que soa desconexo decretar estado de emergência na educação, porque o governo apresentou à Casa o programa Geração Saber “com todo o cronograma. Um governo que, ao longo dos anos, tinha consciência (dos problemas enfrentados pela área) e agora decreta urgência?”, indaga o petista observando a necessidade de medidas para melhorar a qualidade no ensino público.

Já o deputado Isnaldo Bulhões Júnior (PDT) disse que os deputados não podem aceitar isso de forma passiva. “É papel do parlamentar indagar e cobrar maiores esclarecimentos sobre o decreto”, observou, classificando como absurda a posição do governo de Alagoas.

O deputado Olavo Calheiros (PMDB) destacou ser estranho que o Estado tenha descoberto a falência da educação após cinco anos. “O governador se cerca de incompetentes e olha no que resulta: a educação em completo caos, além das outras áreas. A máscara do governador começou a cair”, afirmou.

Calheiros foi mais além e fez uma revelação sobre a gestão Téo Vilela. “Não importa a pasta, a corrupção está alastrada em toda gestão tucana, ou seja, Alagoas está mergulhada na corrupção”, garantiu, lamentando também a demora das obras da reconstrução das cidades atingidas pelas enchentes do ano passado.

OUTRO LADO

O líder do governo na Casa de Tavares Bastos, deputado Edival Gaia Filho (PSDB), defendeu o Executivo e criticou o posicionamento da oposição, uma vez que a mesma vem cobrando uma ação mais efetiva por parte do governo, no que se refere à educação no Estado.

“Às vezes ficamos sem entender o argumento da oposição, que nesse momento tão importante para Alagoas deveria ajudar. A oposição critica o governo, mas não faz no sentido de melhorá-lo. Nós ouvimos a oposição reclamar que as escolas estavam desmoronando, sem condições de os alunos frequentarem as aulas, por correrem risco de vida”, rebateu o governista, acrescentando que esse decreto é necessário.

DECRETO


Na manhã da quarta-feira, dia 21, o governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) anunciou na decreto de emergência administrativa na área de educação do Estado. O decreto foi anunciado no mesmo dia em que as aulas foram retomadas na Escola Rosalvo Lôbo, localizada na Jatiúca, na qual parte da estrutura ruiu há cerca de um mês.

Segundo o anúncio do governo, serão destinados – emergencialmente - R$ 40 milhões, oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e de verbas de custeio da própria pasta, para a reforma de 151 unidades escolares que estão em ‘situação de risco’. Estas reformas, ainda segundo o governo, devem ser concluídas até o final desse ano.(Com informações da Assessoria)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Mupa encerra 5ª Primavera dos Museus com apresentação da cultura afro

Assessoria do Mupa
O Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa) vai encerrar as atividades da 5ª Primavera dos Museus com uma apresentação da cultura afro. Na noite desta quinta-feira (22), a ialorixá e Patrimônio Vivo de Alagoas, Mãe Neide, vai apresentar no local o tema “Obirin–Símbolo da Resistência”, além de uma exposição de indumentária de orixás.

A semana dedicada ao evento está atraindo muitas pessoas ao Museu. Na tarde dessa quarta-feira (21), mais de 80 crianças lotaram o salão principal do Mupa para declamar e apreciar poemas de diversos autores da literatura brasileira.

Com os olhares e ouvidos atentos às explicações do coordenador do projeto, Ricardo Cabús, sobre como participar do sarau, os alunos da Escola de Ensino Fundamental Cleto Marques Luz, e outras crianças acompanhadas dos pais, escolheram e declamaram os poemas distribuídos no varal.

O diretor do Mupa, José Márcio Passos, deu as boas-vindas às crianças recitando a poesia Convite, de José Paulo Paes. Após escutarem o poema, os alunos perderam a timidez e recitaram as poesias.

As crianças se divertiram aprendendo, por meio dos textos, mais sobre literatura brasileira e importantes escritores. Francisco Diego de nove anos, leu a poesia ‘Eu vi a Vera’, de Elias José e, empolgado, escolheu outro poema. “Achei muito bom, foi divertido, por isso quis falar de novo”, disse.

Já Isterfany Vitória, nove anos, que estava tímida, logo pegou gosto pela poesia e escolheu o poema ‘Os meninos Morcegos’, de Sérgio Caparelli. “Fiquei com vergonha, mas depois que li gostei muito”, disse. Outros preferiram registrar o momento, como Ian Bryan, dez anos, que filmou tudo com seu celular. “Vou mostrar para minha família e todos os meus amigos.”, explicou.

Além do grupo de alunos, outras crianças acompanhadas dos pais, também participaram. Gardênia Nascimento levou as três filhas e achou a iniciativa muito interessante. “É uma ótima oportunidade para elas participarem de uma atividade desse tipo, que geralmente não é oferecida ao público infantil”, destacou.

O sarau poético contou com a participação da cantora Leureni Barbosa com o poema A Casa, de Vinícius de Morais, cantando junto com o público mirim. Além de muita poesia, os músicos, Bruno Palagani e Wilbert Fialho apoiaram a ação cultural com um show de música instrumental no intervalo.

A programação do segundo dia da 5ª primavera dos Museus teve sequência com a palestra da museóloga Cármen Lúcia Dantas, sobre O Criar e o Fazer das Mãos Femininas na Arte Popular de Alagoas. (Com informações da assessoria - Valéria Guimarães)

Milhões de pessoas comemoram Dia Mundial Sem Carro

Hoje, 22 de setembro, comemora-se no Pais e em várias partes do mundo, o Dia Mundial Sem Carro. O objetivo é fazer um a reflexão sobre a dependência das pessoas e o uso (muitas vezes) irracional dos automóveis em nossa sociedade. Afinal de contas, tem gente que não vai até a padaria da esquina sem usar o carro.

A idéia principal da criação desse dia é fazer com que as pessoas pensem um pouco sobre o estilo de vida que levam, sobre a possibilidade de diminuírem o uso do carro (em face do trânsito pesado enfrentado nas cidades), ou mesmo, se possível, em substituir o possante por outro meio de transporte.

Nesse caso, muitas pessoas têm aderido ao uso da bicicleta, a bicicletada, um movimento internacional que prega o uso da bicicleta como o principal meio de transporte das pessoas.

HISTÓRICO

O Dia Mundial Sem Carro (no inglês, CarFree Day) foi comemorado pela primeira vez em 1998, em 35 cidades francesas. Com o tempo, a mobilização se estendeu por países europeus, chegando inclusive a outros continentes.

No Brasil, o evento ocorreu pela primeira vez em 2001 e, desde então, vem crescendo o número de adesões de municípios. A expectativa para 2011 é que a data seja comemorada em mais de 200 cidades brasileiras, dentre elas Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte, Campo Grande, Natal, Salvador, Maceió e Belém.

Mais de 280 organizações estão envolvidas na iniciativa todos os anos. As prefeituras das cidades normalmente apoiam, fechando algumas ruas para o trânsito de automóveis, principalmente no centro das cidades.

Clube dos Ciclistas de Alagoas realiza encontro, que termina hoje, Dia Mundial sem Carro

Olívia de Cássia - jornalista

Os integrantes do grupo do Clube dos Ciclistas de Alagoas estão reunidos desde ontem no II Encontro Alagoano da Bicicleta, no auditório Azul da faculdade Maurício de Nassau, na Rua Sandoval Arroxelas, 239, na Ponta Verde, em Maceió.

O encontro termina hoje, às 22h, e tem como objetivo o incentivo a o uso da bicicleta como meio de transporte saudável e sustentável. O evento também discute as normas e legislação existentes sobre uso e infraestrutura da bicicleta, promovendo a melhoria da acessibilidade e da mobilidade urbana por bicicleta e para todos, segundo Gildo Santana, um dos integrantes do Clube dos Ciclistas de Alagoas.

Segundo Gildo, durante o encontro serão realizados oficinas, filmes, painéis com palestras, depoimentos e debates, todos envolvendo assuntos relacionados ao tema. O público-alvo são formadores de opinião, como: engenheiros civis, agrimensores, arquitetos, técnicos e estudantes dos cursos de engenharia civil, de agrimensura e de arquitetura, as associações, grupos e movimentos dos ciclistas, entidades públicas e a comunidade como um todo com interesse no tema.

Às 16h de hoje começou um painel: oficina na Via Expressa. Uma oficina com ciclistas que circulam pela ciclovia da via expressa que vão receber gratuitamente um kit de segurança para ciclistas (refletivos, espelho e campainha), como também informações a respeito das leis de trânsito e demonstração de quanto é bom pedalar para a saúde e para a nossa cidade e para o mundo em que vivemos.

Às 20h, outro painel: Passeio Noturno de bicicleta pela cidade de Maceió. Local de largada e chegada: Corredor Vera Arruda, que terá como guia Daniel Jatobá e Aldemir, retaguarda:Lima e Lucivaldo, batedores: Carlão, Facchinetti, Bel, Gaúcho, Nilo e outros. Às 22h acontece o encerramento do evento.

CMDCA de União dos Palmares deu continuidade à formação sobre o Estatuto da Criança

Assessoria

Na manhã desta segunda-feira (19), o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de União dos Palmares, deu continuidade à formação sobre o Estatuto da Criança e Adolescente, uma ação de desenvolvimento na formação de cidadãos críticos e fiscalizadores dos direitos das crianças e dos adolescentes.

O município, com o apoio de diversas instituições publicou recentemente milhares de edições de bolso do ECA. O prefeito Areski Freitas participou da abertura da formação e contou sobre os avanços e os desafios que União tem adotado para melhorar a vida das crianças e dos adolescentes, e dos desafios para manter o Selo Município Aprovado, do Unicef, conquistado em 2008.

“Estamos fazendo de tudo para que sejamos parceiros nesta luta, distribuímos gratuitamente o estatuto, estamos formando pessoas, cidadãos que nos ajudem e que ajudem os conselhos de direito e tutelar, nesse trabalho. É importante termos crianças informadas, inteligentes, espertas que não se intimidem de denunciar. Aproveitem este momento e quando precisarem estaremos à disposição”, afirmou o prefeito em seu discurso.

A formação é dirigida pelo professor Edmilson de Souza, perito na área e que frequentemente é convocado por municípios e instituições para dirigir seminários e palestras sobre o tema, sendo acompanhado pela presidente do CMDCA, Rose Mary de Moraes, o presidente do Conselho Tutelar, Manoel Simeão e os conselheiros Anderson Austregésilo e Clezivaldo Mizael.

Secretaria, feirantes e consultores do Sebrae participam de nova reunião sobre feira livre de União

Texto e foto - assessoria


Uma nova reunião para debater as propostas de mudanças a serem implantadas na feira livre de União dos Palmares foi realizada na última terça-feira, 20, entre consultores do Sebrae especializados em organização de feira livre, secretários municipais, feirantes e instituições locais. A reunião aconteceu no centro administrativo municipal.

“A Secretaria de Indústria e Comércio desde a gestão da então secretária Edvane Ferreira vem tentando organizar e implantar novo sistema na feira livre da cidade, que além de tradicional é a maior fonte de renda da região”, comentou Socorro Lins.

A consultora do Sebrae, Silvana Correia, destacou que para que o projeto possa ter andamento é preciso ter um mapeamento da feira livre, em seguida conhecer cada ponto, cada produtor, cada comerciante, para então se iniciar o projeto de reorganização, divisão, limpeza pública e etc.

A secretária de Indústria e Comércio, Jaci Lucia Galvão, se comprometeu em reunir toda a documentação, os cadastros, pesquisas e informações que serão repassadas para as consultoras de Sebrae. Segundo ela, alguns destes documentos já se encontram na secretaria, fruto de um trabalho iniciado anteriormente, com o mesmo objetivo.

A organização da feira livre tem levantado uma grande polêmica na cidade. Alguns feirantes reclamam do deslocamento, outros reclamam da falta de organização, no entanto quem sai perdendo com a situação presente é a população e os visitantes que desejam conhecer a feira livre, bem como outros pontos turísticos na cidade.

Para Cleiton Santana, um dos guias turísticos do município, a grande problemática da feira é o lixo, é a bagunça na passagem da população entre as bancas, é a mistura de produtos, bancas de comida, entre bancas de roupas, é o resto de produtos jogados no chão, onde trafegam pessoas e isso gera uma péssima imagem na mente dos turistas, sendo que agora nos meses de outubro/novembro, o fluxo de turistas começa a aumentar.

“A prefeitura de União tem o interesse de mudar esta realidade, de tornar a feira um atrativo para compras e vendas, bem como dar uma melhorada no aspecto turístico, a feira de união é uma das maiores e mais completas do estado de Alagoas, precisamos e estamos cuidando dela, basta agora a população e os feirantes nos ajudarem”, concluiu Jaci Lúcia Galvão.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Cinco anos da Lei Maria da Penha e a CPMI

Olívia de Cássia - jornalista

Em 7 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha fez cinco anos que foi sancionada pelo ex-presidente Lula. Foi um avanço para o movimento feminino, mas a garantia na lei não possibilitou que a violência contra a mulher diminuísse ou tivesse um fim. Os casos de truculência, violação dos nossos direitos e falta de respeito continuam de uma forma ainda crescente e acentuada.

Para conter esses índices negativos, o Congresso Nacional pode instalar na próxima semana uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para investigar a violência contra a mulher e apurar denúncias de omissão do Estado na punição desse crime. O requerimento para a investigação é de autoria da deputada petista Janete Pietá, coordenadora da bancada feminina na Câmara e já foi lido em sessão do Congresso.

Sobre esse tema, Janete Rocha Pietá (PT-SP) observou que a Maria da Penha criou mecanismos para coibir a violência contra a mulher, mas infelizmente, apesar da criação da lei, os casos de agressões têm aumentado em nossa sociedade. Ela observa que é preciso investigar o cumprimento da lei e apurar os atuais índices de violência contra a mulher.

“A CPMI certamente vai detectar a importância de nós efetivarmos a Lei Maria da Penha, como estabelecer os juizados de violência doméstica e familiar. Essa questão é fundamental porque ainda existem muitas cidades – inclusive, a minha, Guarulhos, a segunda maior de São Paulo – que ainda não têm juizado", disse ela.

A deputada petista lembra que, em 1993, a Conferência das Nações Unidas sobre Direitos Humanos reconheceu formalmente a violência contra a mulher como violação aos direitos humanos. Desde então, os governos dos países-membros da ONU têm trabalhado para eliminar esse tipo de violência, já reconhecido também como problema de saúde pública.

Dados do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) mostram que, de cada cinco faltas ao trabalho no mundo, uma é causada pela violência sofrida pelas mulheres dentro de suas casas. Caso seja instalada, a CPI mista para investigar a violência contra a mulher será formada por 11 deputados e 11 senadores. A duração dos trabalhos será de três meses, podendo ser prorrogada.

Em Alagoas os casos são gritantes, os dados publicados na imprensa assuntam. Por mais que a sociedade tenha evoluído, a mulher, principalmente nos extratos mais simples da sociedade, sofrem mais com a violência, que tem acontecido de forma acentuada. São casos e mais casos, motivados pelo ciúme, pelo sentimento de posse, por motivos passionais e outros mais tolos.

Apesar da evolução dos tempos, a nossa sociedade ainda tem uma visão coronelista a respeito da mulher. O homem ainda se acha no direito de ‘ser dono’ dela, como se fosse um objeto de consumo. A vida está sendo desvalorizada, a violência banalizada e a cada dia a gente presencia o noticiário com casos mais bárbaros que o outro.

Não há ainda, na sociedade alagoana, políticas públicas para proteger as mulheres ameaçadas de morte pelos seus companheiros. Muitas denunciam a agressão e depois vão até a delegacia retirar a queixa e a polícia, nesse caso, nada pode fazer.

Elas alegam que não têm como se manter e nem prover a família, sem a ajuda do companheiro agressor. São casos de mulheres simples, pobres, sem instrução e sem perspectivas de vida. Seria o caso de incluí-las em programas sociais que garantam independência e sustento.

Deputados derrubam vetos do governo e sabatinam auditor do MPC

Foto: Olívia de Cássia
Olívia de Cássia – repórter

Vinte e cinco deputados compareceram à sessão da tarde desta quarta-feira, 21, na Assembleia Legislativa e por maioria derrubaram os vetos do governo do Estado aos projetos de leis aprovados na casa, quase todos de cunho cultural.

Com a derrubada dos vetos, os projetos voltam para o Executivo e só resta agora ao governador Teotoinio Vilela assinar e publicar no Diário Oficial do Estado. A partir da publicação no DO, o bloco carnavalesco Pinto da Madrugada é patrimônio cultural do Estado. A votação foi por 21 votos a zero.

Já os espetáculos A Paixão de Cristo de Arapiraca e de Junqueiro serão patrimônio cultural e imaterial do Estado. Os deputados também derrubaram o veto ao Projeto de Lei que considera de utilidade pública o instituto Isadora Basílio para o Desenvolvimento Humano, por 20 votos contra 1. Com a aprovação, esses eventos passam a receber verbas públicas para serem organizados.

Na sessão desta quarta-feira, a Assembleia Legislativa também derrubou quatro vetos do governador Teotonio Vilela Filho a emendas feitas pela Casa no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Na próxima semana, alguns vetos mais relevantes à LDO deverão ir a plenário. Eles aguardam a leitura dos pareceres das comissões permanentes.

Durante dez sessões o Projeto de Lei nº 146/2011 - mensagem 33/2011, de origem governamental, que estima e fixa a despesa do Estado de Alagoas para o exercício financeiro de 2011 vai tramitar na Casa, para recebimento de emendas e por mais 30 dias ficará para recebimento de sugestões da sociedade civil.

Também está para recebimento de emendas o Processo nº 001583/2011, projeto de lei 147/2011, mensagem 34 de origem governamental, que dispõe sobre o Plano Plurianual para o período de 2012-2015. A sessão de hoje foi a primeira e restam nove.

SABATINA

Depois da sessão, os deputados sabatinaram o auditor do Ministério Público de Contas, Anselmo Roberto de Almeida Brito, indicado pelo governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) no dia 14 deste mês, para assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A sabatina é uma exigência para todos os postulantes à função e a aprovação – ou rejeição – do nome deverá ser divulgada ainda nesta quarta-feira (21).

Participam da sabatina o presidente da ALE, deputado Fernando Toledo (PSDB), os integrantes da Comissão de Constituição e Justiça da Casa (CCJ), presidida pelo deputado Joãozinho Pereira (PSDB), e da Comissão de Administração, presidida pelo vice-presidente da ALE, deputado Antonio Albuquerque (PTdoB), e da Comissão de Fiscalização e Controle, presidida pelo deputado Luiz Dantas (PMDB).

PSDB promove Encontro Regional em Porto Calvo

O Diretório Estadual do PSDB realiza em Porto Calvo neste sábado (24), a partir das 9 horas no Espaço Calabar (antiga churrascaria Calabar, na entrada do município), mais um Encontro Regional do PSDB, que vai reunir lideranças tucanas do norte de Alagoas e debater a conjuntura política de Porto Calvo e da região.

O Encontro vai reunir parlamentares tucanos, membros da Executiva Estadual do PSDB e será uma oportunidade para novas filiações. Líderes da região norte do Estado já anunciaram a filiação ao partido, como Ormindo de Mendonça Uchôa, forte liderança política do município e possível pré-candidato a prefeitura de Porto Calvo nas próximas eleições.

Também devem participar do encontro representantes do PSDB Comun idade, juventude PSDB e PSDB Mulher e representantes da base aliada do partido na região.

O evento também terá palestra do cientista político e professor Eduardo Magalhães, que conduzirá o debate sobre conjuntura política no Estado e perspectivas para as eleições municipais de 2012.

Já no domingo (25), será a vez de Colônia Leopoldina receber as lideranças tucanas em Convenção Municipal, marcada para as 9 horas no Ginásio Poliesportivo Leopoldinense.

Neafa resgata filhotes de cães e gatos que sofriam maus-tratos

Foto - Deisy Nascimento - Assessoria
Filhotes de cães e gatos que estão no Neafa

Além de resgatar animais abandonados, a ONG irá promover palestra sobre o que eles representam para os seres humanos com a veterinária Irvenia Luiza da USP
_____________________

O Núcleo de Educação Ambiental Francisco de Assis (Neafa), que cuida de animais abandonados, situado no bairro do Farol, resgatou na noite desta segunda-feira (19) onze filhotes de cães que estavam sofrendo maus-tratos e com grande risco de morrer. Além dos cães, alguns gatos foram deixados na portaria da entidade ocasionando uma superlotação.

Segundo a assessoria da entidade, com um número grande de cães e gatos, o Neafa é uma entidade sem fins lucrativos que sobrevive sem a colaboração do governo, apenas com o apoio de pessoas que se sensibilizam e ajudam a manter a ONG. Todos os meses são realizadas centenas de consultas e cirurgias para castração dos animais, como também são compradas rações, toalhas de banho, medicamentos e outros materiais para manutenção do espaço e bem-estar dos animais.

De acordo com a presidente do Neafa, a advogada Cristiane Leite, foi necessário resgatar estes filhotes de cães, pois estavam vivendo em situação precária. “Ficamos sabendo que os cães estavam apanhando, sem comida e dormindo ao relento, daí resolvemos resgatar todos eles e levá-los para a entidade com a finalidade de medicá-los, dar comida e colocá-los para adoção”, disse ela.

“Pedimos o apoio de toda a população alagoana para manter a ONG, contribuindo com rações para cães e gatos, medicamentos, toalhas de banho e jornais. Caso alguém se interesse por algum dos filhotes, é só ir em nossa entidade e conversar conosco, pois estão sendo bem cuidados e são lindos”, ressaltou Cristiane Leite.

PALESTRA

No dia 23 deste mês, às 19h30, o Neafa irá promover uma palestra no auditório do Hotel Brisa Tower, situado no bairro da Jatiúca com a médica veterinária, professora e doutora pela Universidade de São Paulo (USP), Irvenia Luiza de Santis Prada, com o tema "O que são os animais, e o que eles representam para nós, seres humanos".

A inscrição custa apenas um pacote de ração de boa qualidade, exceto da marca biriba. Inscrições com Lis Flávia (Cesmac), Evelynne Marques (Ufal) e na sede do Neafa Maceió. Informações: (82)3221-0193/9133-2676/9913-7121.

Vereadores de União discutem mudança na sanção do projeto que trata do concurso

Foto de Olívia de Cássia
Durante a Sessão Ordinária realizada nesta terça-feira (20), no Plenário da Câmara Municipal de União dos Palmares, os vereadores falaram a respeito de uma mudança que pode colocar em cheque a realização do concurso público no município. Segundo comentários feitos por alguns vereadores, possivelmente, tenha ocorrido uma mudança no teor do Projeto de Lei que trata do concurso, quando este foi sancionado pelo Executivo.

Segundo o blog A Terra da Liberdade, o Projeto de Lei Nº 006/2011 foi aprovado no dia 5 de agosto, durante sessão extraordinária e “falava somente da criação para cargos de provimento efetivo no âmbito do município de União dos Palmares”.

Porém, segundo o texto do blog, por meio da publicação do aviso de licitação no Diário Oficial do dia 6 de setembro, consta que, além do provimento de cargo efetivo, haverá um cadastro de reserva, o que não constava no PL aprovado pelos vereadores palmarinos.

A matéria parece que vai gerar polêmica. Com esta dúvida, os vereadores solicitaram ao presidente da Casa, Bruno Praxedes (PSDB) que, por meio de ofício, solicite ao prefeito Areski Freitas (PTB) a sanção do projeto de lei que trata do referido concurso público, “para que assim seja possível analisar esta possível mudança e sanada qualquer dúvida a respeito”. (Com informações do blog A Terra da Liberdade)

Transportadores bloqueiam BR-104 em União e em vários pontos do Estado

Foto de João Paulo Farias - O Relâmpago
Transportadores complementares de Alagoas bloquearam no início da manhã desta quarta-feira, 21, vários trechos de rodovias federais no Estado. Em União dos Palmares o bloqueio foi no Km 38 da BR-104, defronte à Usina Lajinha.

A principal reivindicação dos manifestantes é sobre a discordância do processo licitatório a ser realizado pela Agência Reguladora de Serviços do Estado de Alagoas (Arsal), que aumentará o número de vagas disponíveis após o processo licitatório, segundo os protestantes muitos profissionais ficariam sem trabalho após o processo.

No trecho bloqueado, centenas de veículos ficaram parados e as pessoas reclamaram que estão sendo prejudicados, "Tenho voo marcado para São Paulo", lamentou uma senhora. "Não temos nada a ver com o problema desses transportadores, estou sendo prejudicado", disse Ronaldo Sousa, que reside em Maceió. (Com informações de João Paulo Farias - O Relâmpago)

terça-feira, 20 de setembro de 2011

CPI da Eletrobras recebe presidente da Casal

Foto de Olívia de Cássia
Ronaldo Medeiros criticou a situação da terceirização na Eletrobras

Olívia de Cássia - Repórter

Depois da sessão ordinária da Assembleia Legislativa, que terminou pouco mais das 18h, aconteceu uma sessão pública da CPI da Eletrobras, que teve como depoente o presidente da Casal, o engenheiro Álvaro Menezes.

O presidente da Comissão, deputado Ronaldo Medeiros (PT), questionou as falhas no abastecimento de água e observou que na maioria das vezes acontecerem por conta das decorrentes quedas de energia.

Segundo o presidente da Casal, as quedas de energia, acabam comprometendo alguns equipamentos o que, consequentemente, “ atrapalha de alguma forma o abastecimento de água”, disse ele.

Álvaro Menezes ainda expõs algumas situações, de falhas no abastecimento de água, por conta da falta de energia e observou que, em 2008, foram 486 paradas por falta de energia e em 2010, 656.

O deputado Ronaldo Medeiros solicitou um relatório à Casal contendo essas ocorrências, no sentido de que os membros da CPI possam, com essas informações, fortalecer ainda mais o relatório final da Comissão.

Medeiros ressaltou que a CPI da Eletrobras não quer prejudicar a empresa, “pelo contrário, queremos que ela se fortaleça para fornecer uma energia de qualidade aos alagoanos”, destacou.

O presidente da Casal, Álvaro Menezes, afirmou que nem todas as falhas no abastecimento de água são ocasionadas pela falta de energia e ressaltou que também devem ser feitos investimentos por parte da empresa.

Já o deputado Ronaldo Medeiros criticou a situação da terceirização na Eletrobras: “Nós sabemos que a terceirização prejudica e muito a qualidade do serviço, como pode essa estatal ter vários concursados que poderiam estar trabalhando e continuar mantendo os terceirizados?”, questiona. (Com informações da assessoria)

Projeto da LOA foi lido no expediente e está aberto para receber emendas

Foto de Olívia de Cássia - 20-9-2011
Olívia de Cássia – Repórter

Na sessão desta terça-feira, 20, na Assembleia Legislativa, na hora do expediente, foram lidos os projetos referentes à Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2012 e o Plano Plurianual 2012-2015. Os textos dos projetos chegaram à Casa de Tavares Bastos, no dia 15 último, juntamente com o Quadro de Detalhamento de Despesas (QDD).

Além desses projetos foram lidos também os pareceres da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, com relação a quatro vetos do Executivo a projetos de leis que foram aprovados na ALE e mais dois requerimentos que foram protocolados.

Durante o expediente, dos vetos do governo aos projetos, apenas um único veto os deputados recomendaram a manutenção, os outros, a recomendação, assinada pelo redator Marquinhos Madeira (PT), foi pela derrubada.

Dentre os vetos do Executivo aos projetos estão: o que torna o bloco carnavalesco Pinto da Madrugada patrimônio imaterial do Estado; outro também da mesma forma, torna o espetáculo da Paixão de Cristo de Junqueiro também patrimônio e mais duas instituições como mesmo propósito.

Mesmo com essas recomendações da CCJ, os projetos não foram apreciados na Ordem do Dia da Casa. Depois do expediente, o líder do governo, deputado Edval Gaia (PSDB) pediu a suspensão da sessão, por uma hora, para que houvesse entendimento de lideranças.

Enquanto isso, a pauta fica trancada até que os vetos do Executivo sejam apreciados. Os deputados ficaram um bom tempo no plenário, depois foram lá pra sala reservada a eles e não se sabe se chegaram realmente a um entendimento com relação aos projetos que tramitam na Casa. A sessão ficou apenas nas falas dos deputados.

TRIBUNAL DE CONTAS

A deputada Flávia Cavalcante (PMDB) justificou ausência nas sessões de hoje e amanhã (20 e 21), por meio de requerimento encaminhado à Mesa Diretora da Casa. Também na hora do expediente foi lida a indicação de Anselmo de Almeida Brito para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, que foi escolhido numa lista dúplice
pelo Executivo e tem que ser apreciado pela ALE.

O assunto Tribunal de Contas , segundo se comenta no meio político, é um tanto quanto polêmico, já que por três vezes o presidente da Casa, Fernando Toledo (PSDB), teria sido preterido pelo governo, segundo especulações de analistas políticos.

A primeira vez teria sido quando da indicação do então deputado Cícero Amélio à vaga que Toledo queria. Depois foi a vez da irmã do deputado Antonio Albuquerque (PTdoB), Rosa Albuquerque e em seguida a deputada Cláudia Brandão (esposa do ex-deputado Ceslo Luiz).

Agora, um funcionário de carreira foi indicado para a vaga e não se sabe se o acordo foi descumprido pelo governo, ou se houve mais um entendimento entre as partes para que, pela quarta vez, Fernando Toledo não assuma o cargo de conselheiro do TC.

Quando a sessão retomou, alguns deputados fizeram uso da fala, mas os vetos não foram para a votação. O deputado Joãozinho Pereira (PSDB) apelou à presidência para a disponibilização da programação da TV Assembleia no site do Poder Legislativo.

TRÂNSITO

Outro assunto repercutido pelo deputado do PSDB foi com relação à produção de veículos no País, que segundo ele, cresce na mesma proporção que os acidentes de trânsito. O parlamentar apelou ao governo “uma ação séria nas rodovias estaduais para evitar tantas mortes”.

Em aparte, o deputado Temóteo Correia (DEM), disse que defende investimento do DER, retirando-se parte da arrecadação de impostos pela instituição. Já o deputado Jeferson Morais (DEM) questionou quanto o Detran investe da sua arrecadação em educação no trânsito e prometeu buscar essa informação.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Deputado JHC garante investimentos nas áreas de Ciência e Tecnologia

JHC e a deputada Perpetua Almeida (PCdoB-AC)


Recursos na ordem de R$ 2 mi servirão para financiar empresas no desenvolvimento tecnológico produtivo


Por Charlene Araújo - Assessoria



O deputado estadual João Henrique Holanda Caldas (PTN) esteve em Brasília, na semana passada, quando visitou ministérios e órgãos federais na capital do País. No Ministério de Ciência e Tecnologia, JHC se reuniu com o secretário Nacional de Inovação Tecnológica, Reinaldo Danna.

Durante o encontro, o parlamentar alagoano conheceu os projetos do Ministério e conversou sobre a possibilidade de implantação de alguns deles em Alagoas, a exemplo do fomento de bolsas de pesquisas tecnológicas a serem geridos pela Fundação de Amparo à Pesquisa em Alagoas (Fapeal), que financiará universitários em projetos acadêmicos científico-tecnológicos.

O secretário garantiu o investimento de R$ 2 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), para ajudar as empresas no desenvolvimento tecnológico produtivo.
Ainda no Ministério da Tecnologia, João Henrique encontrou-se com Gianni Emerick, secretária de Inclusão Social, onde conversaram a respeito da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, prevista para ser realizada em outubro, e possui como tema “Mudanças Climáticas e Desastres Naturais”.

“É um assunto de fundamental importância para Alagoas. Sofremos uma grande enchente em 2010 e todos os anos convivemos com as intempéries do clima. É necessário discutir tudo isto”, salientou o deputado, que é presidente da Comissão das Enchentes e possui dois Projetos de Lei ligados à área.

Aproveitando a viagem à Capital Federal, JHC esteve no Ibama, onde conversou com Gisella Damm, diretora de Licenciamento. A pauta do encontro foi o Estaleiro Eisa. “A diretora nos acolheu muito bem e afirmou que fui o único parlamentar de Alagoas a procurá-la para saber informações do estaleiro”, comentou o deputado.

Em conversa com a diretora, João Henrique soube da mesma que ainda não há, no órgão, nenhum documento referente ao licenciamento do estaleiro, mas obteve a garantia de que, tão logo chegue o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), a diretora o apreciaria em tempo hábil para a concessão da licença.

Durante a caminhada pelo Congresso, JHC também conversou com a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB – AC), que é presidente da Comissão de Prevenção a Desastres Naturais na Câmara Federal.

A parlamentar elogiou a iniciativa do deputado alagoano em sugerir a criação da Comissão das Enchentes. “Somente Alagoas e Santa Catarina possuem tais comissões em suas Assembleias Legislativas. Esta é uma atitude louvável, pois acompanha a vida de tantos desabrigados que sofreram com desastres naturais”, afirmou a deputada, que é uma grande autoridade política no Brasil sobre o assunto.

E agora, o que fazer?

Por Olívia de Cássia E agora, o que fazer? Essa pergunta me veio à baila, antes e depois da aposentadoria por invalidez e em alguns dias q...