quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Sessão movimentada na ALE, apesar da ausência de votação

Foto de Olívia de Cássia-28-2-2012
Olívia de Cássia – Jornalista

A sessão de terça-feira, 28, na Assembleia Legislativa Estadual (ALE) teve a presença registrada de 21 deputados, mas não teve Ordem do Dia, por conta de ter sido o primeiro dia de fato de retorno aos trabalhos legislativos.

Durante toda a tarde a sessão foi movimentada e cheia de falas, protestos, lançamento de candidatura e proposta de mais uma CPI, a da Pistolagem, que deverá render muita contenda ainda na Casa de Tavares Bastos.

O requerimento solicitando a CPI da Pistolagem, subscrito até o começo da noite de ontem por 12 deputados, foi do deputado João Henrique Caldas (JHC). A iniciativa do jovem deputado do PTN deverá lhe render muitas dores de cabeça e desafetos.

O deputado Ronaldo Medeiros (PT ) também usou a tribuna da Casa de Tavares Bastos para cobrar do governo do Estado políticas públicas voltadas aos agricultores familiares e pequenos empresários.

Segundo o petista, o governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) não mencionou esses setores da economia alagoana durante a apresentação do plano de metas do Executivo para este ano, no último dia 15, quando compareceu à ALE participar da abertura dos trabalhos do Legislativo.

Medeiros observou que os recursos que entrarão com a vinda do Estaleiro Eisa não ficarão no Estado, “torço para que dê certo, mas é preciso investir no pequeno agricultor que é também a pequena empresa”, disse Ronaldo.

Na opinião do petista, “não adianta ter uma política agressiva para buscar grandes empresas”. “Precisamos também ter políticas voltadas ao pequeno empresário e ao pequeno agricultor, que realmente geram renda para o Estado. Nenhuma grande empresa investe o lucro no Estado, uma vez que esses recursos vão para a matriz”, argumentou Medeiros.

Em aparte, o deputado Gilvan Barros (PSDB) discordou em parte do pensamento do deputado do PT a respeito do estaleiro. “O estaleiro, se instalando em Alagoas, vai necessitar de outros segmentos. Irão se instalar em Coruripe, outras indústrias para fornecer materiais para ele”, observou Gilvan Barros.

PROPOSTAS

Passando para outro tema, o deputado do PT dirigiu o seu discurso com propostas de gestão. Ele disse que quando chegou à Casa procurou o presidente (Fernando Toledo –PSDB) e “me coloquei a disposição para ajudar”, observou.

O petista destacou que é preciso “informatizar essa Casa, a escola legislativa, temos que investir nos servidores, colocar TV aberta ; a sociedade precisa saber o que se passa nessa Casa. Em sua grande maioria não sabe o que a gente faz. A sociedade só pode exercer o seu controle social se a Casa colocar transparência”, disse Medeiros.

Já o deputado Olavo Calheiros (PMDB), se mostrou um crítico ferrenho à eleição convocada para a próxima quinta-feira pela Mesa Diretora, que publicou a anulação da eleição no Diário Oficial, depois de ter feito uma votação antecipada e ter sido alvo de ações na Justiça, pela oposição da Casa.

‘Surpreso’ com o lançamento da candidatura do deputado Ronaldo Medeiros (PT), à presidência da Casa, Calheiros pediu um aparte e lembrou que a Mesa tem um mandato que só encerra em 2014. “O PMDB está aberto, devo-lhe comunicar que nego-lhe o meu voto, porque o senhor está legitimando a eleição”.

A declaração do peemedebista pegou muitos de surpresa, já que faz parte do grupo de oposição na Casa. Também a declaração do deputado Judson Cabral, do mesmo partido do deputado Ronaldo Medeiros, causou surpresa aos que compareceram à ALE na tarde de ontem.

Cabral disse que a decisão de Medeiros em lançar a candidatura tinha sido uma decisão individual. Pelo visto a semana promete na Casa de Tavares Bastos.

CPI da Pistolagem pode ser criada na Assembleia

Fotos de Olívia de Cássia - 28-2-2012
Requerimento com a proposta foi do deputado JHC

Por Olívia de Cássia, com assessoria

O deputado João Henrique Caldas (PTN) protocolou requerimento na Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira, 28, propondo a criação da CPI da Pistolagem. O requerimento já foi subscrito por 12 deputados estaduais, dos 21 que compareceram à sessão e tem como objetivo investigar os crimes de mando.

“Precisamos investigar essa violência que extrapola os limites da normalidade em nosso estado”, disse JHC. Em seu pronunciamento, o parlamentar apontou dados, como o suposto atentado aos deputados Dudu Holanda e Maurício Tavares, cuja autoria seria atribuída a Cícero Ferro, suplente.

João Henrique destacou o Mapa da Violência, que aponta Maceió como a terceira capital mais violenta no mundo, ficando atrás de Ciudad Juárez, no México, e San Pedro Sula, em Honduras. Ainda em seu pronunciamento, JHC falou que em Alagoas, proporcionalmente, se mata mais que em zonas de guerra, como é o caso do Golfo Pérsico e Afeganistão.

“A maioria desses crimes de mando não está ligada somente a questões políticas, mas a casos onde há drogas, queima de arquivo, grilagem de terra, dentre outros”, destacou o deputado, complementando que não se pode fechar os olhos a esse ‘derramamento de sangue’. “Se formos omissos e negligentes, estaremos abrindo precedentes perigosos”.

No requerimento, JHC pede que a CPI da Pistolagem seja composta por cinco membros, com o prazo de 120 dias para apresentação de um primeiro relatório.
A segunda sessão acontecida de fato na Casa de Tavares Bastos contou com a presença de 21 deputados.

Demarcação de terras indígenas é debatida na Assembleia

Fotos de Olívia de Cássia
Reunião foi convocada pelo deputado Ronaldo Medeiros e teve a participação de vários setores da sociedade civil


Olívia de Cássia – Repórter

Mais de cinquenta índios Xucurus-Kariris, do município de Palmeira dos Índios, em Alagoas, compareceram na manhã desta terça-feira, 28, à Assembleia Legislativa, para uma reunião convocada pelo deputado Ronaldo Medeiros (PT), para discutir a questão da demarcação das terras com deputados, imprensa, Incra, Funai e Ministério Público Federal.

Para o procurador-geral da República em Arapiraca, José Godoy, a Assembleia é um fórum para se discutir o tema. “Esse processo é uma dívida histórica da União, os problemas surgidos desde a demarcação são problemas graves. Estudos apontam a pobreza extrema dos índios alagoanos, que estão abaixo da linha de pobreza”, reforçou.

Segundo Godoy, o local para demarcação são terras urbanas, “precisamos discutir como será feita a realocação das famílias, com reinserção das pessoas na economia , para evitar o tensionamento ”. A União tinha cinco anos, segundo o procurador, para fazer a demarcação e já está em dívida há 18 anos.

O coordenador regional da Funai, Frederico Campos, disse que o principal conflito sobre a demarcação das terras indígenas em Palmeiras dos Índios está com alguns proprietários de terras do local que não aceitam a indenização. A demarcação das terras foi aprovada na Constituição de 1988 e, segundo ele, já há um atraso de 18 anos.

“A atitude do deputado Ronaldo Medeiros em convocar esta reunião é extremamente positiva para que as partes discutam a questão. O Ministério Público vai acompanhar todas as etapas para evitar conflitos internos”, observou o coordenador da Funai. Segundo ele, são 7.073 hectares de terras a serem demarcadas e há 463 ocupações na região.

Para a superintendente do Incra, Lenilda Lima, o evento é importante porque a Funai vai fornecer dados importantes que servirão para o Incra. “Já tivemos duas reuniões para debater a questão; precisamos saber quais imóveis e quantas famílias serão beneficiadas, é importante evitar distorções e conflitos”, observou.

O deputado Ronaldo Medeiros (PT), autor do convite à reunião, disse que decidiu convocar as partes para esclarecer os pontos. Segundo ele, o processo não está bem esclarecido, os índios propõem uma transição organizada; as pessoas envolvidas nas ocupações das terras indígenas de Palmeira dos Índios são pequenos proprietários.

“Estamos preocupados em agilizar o processo , propor grupos de trabalho para diminuir a tensão entre a comunidade e os índios. Tenho uma proposta de montar grupos de trabalho, para agilizar o processo, para não levar o acirramento das partes. Além disso vou protocolar requerimento solicitando uma sessão especial para debater o tema na Casa”, destacou.

Segundo o deputado, há anos foi declarado pela União que as terras são dos índios. “Vamos a Brasília, vamos fazer campanhas em Palmeira, para acabar com o acirramento, para que não tenha violência no local. Os índios querem que seja feito um cronograma e cada dia que se passa, com a demora, gera mais conflitos”, disse o deputado.

Compareceram à reunião os deputados Judson Cabral (PT), Edval Gaia (PSDB) e Jeferson Morais (DEM), presidente da Assembleia, deputado Fernando Toledo (PSDB), além do procurador da República em Arapiraca, José Godoy, coordenador da Funai, Frederico Campos, a superintendente do Incra, Lenilda Lima, lideranças indígenas, funcionários da Funai, jornalistas, entre outras lideranças.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Deputado Ronaldo Medeiros lança nome para concorrer à Mesa Diretora

Fotos de Olívia de Cássia - 28-2-2012
Olívia de Cássia – Repórter

O deputado Ronaldo Medeiros (PT), líder da oposição na Assembleia Legislativa, lançou seu nome na manhã desta terça-feira, para a presidência da Mesa Diretora da Casa. A renúncia dos deputados eleitos para compor a Mesa Diretora no segundo biênio, publicada nesta terça-feira, 28, no Diário Oficial do Estado, gerou novas discussões na Assembleia Legislativa.

Quando Medeiros estava fazendo seu pronunciamento normal na tribuna da ALE, falando sobre os problemas causados pela Eletrobras no Estado, Olavo Calheiros (PMDB), que faz parte do grupo da oposição, disse que negava o voto ao petista, porque com o lançamento de seu nome à eleição antecipada ele estava legitimando o pleito, que para Calheiros é uma insensatez.

“Não podemos permitir que tendo uma eleição importante , uma insensatez desnecessária (a antecipação da eleição da Mesa Diretora). Estão querendo antecipar uma eleição que termina em fevereiro de 2014, não se justifica, com a apresentação de seu nome, deputado Ronaldo Medeiros, o senhor está legitimando isso e eu nego-lhe o voto”, disse Calheiros.

O peemedebista disse que defendeu firmemente a GAP (comissão extraordinária que foi extinta e que depois virou GDE), “mas aqui está sendo usada (a GDE) como reserva de mercado, esperteza política”, esbravejou Olavo Calheiros.

O deputado Judson Cabral (PT), disse que a reeleição, dentro do mesmo período legislativo não permite alternância de poder. “É no mínimpo dar o golpe na democracia. Se necessário for irmos às barras da Justiça. Negar a democracia no parlamento é negar a constituição cidadã”, disse Cabral.

Judson disse ainda à imprensa que o anúncio de Ronaldo Medeiros para se candidatar à presidência da Mesa Diretora foi um ato pessoal. Ele entende que todas as partes devem se reunir e definir quem sairá candidato.

“Ronaldo colocou sua candidatura à disposição, porém, é um ato pessoal dele. Haverá uma reunião onde será debatida essa questão. O partido [formado por Cabral, Medeiros e Marquinhos Madeira] pode apoiar essa decisão dele, mas tudo ainda deve ser esclarecido”, disse ele.

A Mesa Diretora publicou no Diário Oficial do Estado a anulação da eleição da Mesa Diretora, inclusive com exonerações de alguns servidores comissionados, convocando eleições para a próxima quinta-feira.

FORA DO PLENÁRIO

Em entrevista à imprensa fora do plenário Tarcisio de Jesus, Ronaldo Medeiros reforçou que tem projetos para a melhoria do andamento político e profissional da Casa. “É preciso um trabalho consciente e conjunto. Vou apresentar propostas e buscar entendimentos com os deputados de todos os partidos, visando construir uma Assembleia participativa e cidadã”, observou.

Ronaldo destacou que na manhã desta segunda-feira, 27, se reuniu com deputados de cinco partidos, e garantiu que pode contar com o apoio de dez. “Até o momento, não soube de ninguém que esteja motivado a sair candidato à presidência da Assembleia Legislativa. Espero haver um consenso sobre meu nome nesta quarta-feira”, finalizou.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Internautas se mobilizam no combate à violência em União

Foto: Andresson Melo
Por João Paulo Farias-O Relâmpago

Cerca de trinta internautas que usam a rede social Facebook, em União dos Palmares, se reuniram na noite deste domingo, 26, na Praça Costa Rego, centro da cidade e definiram a realização de uma passeata pelas ruas da cidade, no dia 6 de março, como forma de protesto contra os assassinatos que estão sendo cometidos no município.

A decisão foi tomada depois que os internautas discutiram formas de como combater a crescente onda de violência que assola o município. A concentração será às 8 horas, na Praça Frei Damião (ao lado da antiga Ceal).

A passeata terá paradas estratégicas e seguirá até a Câmara Municipal. Durante o trajeto será apresentada a estatística da violência local, com apresentações e falas sobre como combater a violência no município.

DEBATES

Em mais de uma hora de discussões na reunião, os palmarinos de segmentos da sociedade civil do município, debateram e fizeram sugestões que farão parte das discussões de um fórum permanente, que em parceria com segmentos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário vão trabalhar ações conjuntas sobre a questão.

De início ficou acordado entre os participantes do movimento intitulado ‘União Pela Paz’, que será feita uma mobilização que percorrerá as principais ruas da cidade. Para isso foi montado um grupo que fará articulação nas escolas, sindicatos, associações, igrejas e outros locais.

O grupo de internautas irá se reunir nesta terça-feira, 28, e no próximo sábado, 3 de março, quando serão discutidos os pontos da mobilização. As reuniões acontecerão no Campus V da Uneal, no centro da cidade.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Violência em União dos Palmares causa medo à população da cidade

Foto de Oivia de Cássia
Rua Juvenal Mendonça, antiga Rua do Castelo Branco, em União dos Palmares; população da coidade está amedrontada


Por Olívia de Cássia, com João Paulo Farias

O clima de insegurança, provocado pela violência desenfreada que se instalou em União dos Palmares está deixando a população palmarina apavorada. Uma série de assassinatos foram cometidos na cidade, desde o Carnaval.

Segundo informações da polícia local, publicadas nos sites da cidade, numa única semana foram sete assassinatos. O clima de insegurança e medo está tomando conta da população do município.

Por conta dessa insegurança, os moradores estão se mobilizando para discutir a questão. Hoje à noite, na Praça Costa Rego, haverá uma reunião que foi convocada pelo Facebook por algumas lideranças.

Segundo informações de moradores da cidade, além dos crimes, também ocorreram tiroteios no centro e periferia da cidade, denunciados amplamente nas redes sociais. A insegurança no município faz com que a população se torne refém do próprio medo.

“Em maio do ano passado, o juiz Igor Figueiredo, preocupado com a violência no município, realizou uma audiência pública, que contou com uma pequena parcela da sociedade, além do delegado, o comandante do segundo batalhão da Polícia Militar, o prefeito, um vereador e a imprensa local”, conta João Paulo Farias, do site O Relâmpago.

Na reunião, segundo João Paulo, ficou acordado que o prefeito do município, Areski Freitas (PTB), enviaria à Câmara de Vereadores projeto de lei criando o Conselho Municipal de Segurança e que instalaria um sistema de monitoramento por câmeras. “Haveria um trabalho em parceria com a polícia”, diz ele.

Quase um ano se passou após essa reunião e o Poder Executivo não enviou o projeto de lei ao Poder Legislativo municipal, segundo Farias, ações que amenizariam um pouco a situação. João Paulo observa em O Relâmpago que a segurança pública funciona com parcerias entre os três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário, “como pensou à época da audiência o juiz Igor Figueiredo”, destaca.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Moradores de União se mobilizam para protestar contra a violência

Olívia de Cássia - jornalista

Pelo Facebbok, moradores de União dos Palmares estão se mobilizando para fazer um ato de protesto contra a onda de violência no município. É que em menos de 24 horas ocorreram três assassinatos na cidade, o último com requintes de pervesidade.

Por conta disso, algumas lideranças estão convocando uma reunião para amanhã, 26, às 20h, na Pracinha do Rocha Cavalcanti, para discutir sobre essa mobilização contra a falta de segurança que se instalou no município.

No início da noite de ontem, 24, a Polícia de União dos Palmares registrou, o terceiro assassinato do dia. O crime ocorreu no Parque Industrial, localizado às margens da BR-104, periferia da cidade.

A vítima foi identificada como José Antônio de Melo vulgo "Costela", de 27 anos de idade, era ex-presidiário, residente na Rua Padre Cícero, no Bairro Nossa Senhora das Dores, antigo bairro da Vaquejada. Antônio foi assassinado com requintes de perversidade, a pedradas.

Gente é preciso acabar com isso, precisamos de um mundo de paz. Meu amigo prefeito Kil, governador Teotonio Vilela, secretário de Defesa Social, Dário César, está na hora de dar um basta a tanta violência em nosso Estado. Alagoas não merece isso.

Precisamos de políticas públicas para a área de segurança, é preciso mais educação, campanhas de resgate dos valores familiares que foram abandonados. Fica aqui a indignação de uma alagoana e palmarina que ama a sua terra. S.O.S Brasil!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Seguindo em frente

Olívia de Cássia - Jornalista

Depois dos festejos de Momo, há quem afirme que verdadeiramente é quando o Ano-novo começa no Brasil, quando a maioria se volta para a rotina do dia-a-dia. Uma boa notícia para o País divulgada durante o Carnaval é que o índice de desemprego foi o menor desde 2003 e a população ocupada somou 22,5 milhões, uma queda de 1% apenas. A informação é da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Outra notícia positiva: o governo anunciou que apesar da divulgação do corte de R$ 55 bilhões no orçamento de 2012, os concursos estão garantidos, para a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal. Além disso, haverá concursos para a Caixa Econômica, Petrobras e outras instituições. Ótima informação para quem é concurseiro e aguarda ansioso por uma chance de entrar no mercado de trabalho com o pé direito e um futuro garantido.

O anúncio de que a Lei da Ficha Limpa vale para as eleições deste ano abalou os bastidores da política brasileira e, sobretudo, da alagoana. Ainda há muitas dúvidas sobre eventuais candidatos a prefeitos e a vereadores que podem ser barrados pela nova regra. Entidades que pregam eleições limpas consideram que a novidade ajuda a moralizar a disputa.

A aplicação da lei deve alcançar quem foi condenado por colegiado e quem ainda aguarda julgamento está na expectativa com essa decisão na legislação. Vai mudar um pouco o cenário político que estava sendo desenhado por aqui. O julgamento da constitucionalidade da lei pelo STF (Supremo Tribunal Federal) vai forçar grupos políticos da capital e do interior a repensarem suas estratégias e articulações para as eleições municipais.

Segundo o que diz a lei, o político que tiver condenação por órgão colegiado, seja em primeira instância ou em instância superior, não poderá disputar cargos eletivos. Daqui para frente mudam o cenário e as articulações e as alianças devem se acentuar.

Em Alagoas, uma festa bonita e democrática como o Carnaval, que deveria ser de alegria e descontração, foi pontuada com atos de violência. Violência que configura o Estado em primeiro lugar nas estatísticas negativas do País. É muita notícia triste em um das unidades mais belas da nação. Vinte e nove assassinatos foram registrados pelo IML durante o Carnaval em Alagoas.

Entre os assassinatos, os que mais chamaram a atenção da polícia estão os da garota Gabriela de Melo, de dez anos, morta com uma bala perdida, quando brincava na porta de casa, no bairro do Jacintinho; e o do jovem Bruno Macena, assassinado a tiros dentro do bloco Tudo Azul, em Murici.

Mas os números totais da violência no Carnaval de Alagoas ainda devem crescer porque ainda não foi fechada a estatística dos que não foram anunciados. Segundo Relatório Nacional sobre Direitos Humanos no Brasil, a ineficácia do Estado perante o aumento da violência gera ainda mais violações de direitos humanos e impunidade, além de aumentar o sentimento de insegurança e revolta da população.

Precisamos de ações mais enérgicas, de mais policiamento nas ruas, mais rigor nas punições dos infratores e um repensar dos nossos valores, que estão tão esquecidos nas últimas décadas.

Abrigo de idosos continua campanha solidária

Por João Paulo Farias – Texto e Foto (Com divulgação)

A Casa do Pobre Santo Antônio, localizada no centro de União dos Palmares, continua com a campanha solidária para arrecadar fundos no sentido de fazer melhorias na instituição. No próximo domingo, 26, uma caravana percorrerá os principais bairros da cidade, mobilizando as pessoas a comprarem uma rifa em benefício do Abrigo.

Segundo a diretora Ana Paula, a visita porta a porta serve para aproximar a sociedade à causa dos idosos. O local é uma instituição filantrópica que funciona como um abrigo e atende vinte e cinco idosos do município e região. O abrigo foi fundado em meados dos anos 50 e carece de melhorias em sua estrutura física, já que as instalações antigas não trazem o conforto necessário aos seus moradores.

A campanha solidária da instituição teve início no final de 2011 e continua mobilizando a população em prol de melhorias no abrigo. O dinheiro que for arrecadado com a rifa, segundo a diretora, tem como objetivo a reforma de todos os banheiros da casa, já que não são adaptados para idosos.

Ana Paula Moura disse que o apoio de empresários locais e da Prefeitura Municipal fez com que algumas reformas fossem realizadas na casa, mas é preciso dar continuidade às melhorias do local, que abriga pessoas em sua maioria debilitadas.

Campanha vai às ruas

Os bairros contemplados para a venda da rifa são: Bairro de Fátima, Alto da Boa Vista, Ruas Antônio Arecipo e Hermano Plech, bairros Costa e Silva, Cohab, Alto do Cruzeiro e Roberto Correia de Araújo. O valor do bilhete é de apenas R$ 1,99. O sorteio ocorrerá no dia 20 de abril, às 20h, na Praça Basiliano Sarmento, centro da cidade. Haverá um super-show com a cantora Rose de Paula e do Grupo Magia.

Serão sorteados: um micro-sistem, um fogão, uma câmera digital, um garrote e uma moto Honda Pop 100. Os pontos de venda são: Rosatur Turismo, Relojoeiro Belarmino, JJ Cell, Atlântica Motos, Pousada Central, Hospital São Vicente de Paulo e na Casa do Pobre Santo Antônio.

Quem quiser ajudar e conhecer a obra social do abrigo pode entrar em contato pelos telefones: (82) 3281-3234 / 9185-0337 / 9622-2017 / 9324-0890 / 9444-0071 e fazer uma visita ao abrigo. O endereço é Rua Dr. Hermano Plech n°411, Centro, União dos Palmares – AL.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Filhotes de tartaruga nascem na Praia da Sereia

Internet
Oitenta e seis tartarugas nasceram nesta quarta-feira

Dayane Laet-http://j2012.com.br/


Oitenta e seis filhotes de tartaruga nasceram na madrugada de hoje (22), na Praia da Sereia, em Maceió. A ninhada, formada por 130 ovos que foram recolhidos nas praias urbanizadas da capital – Ponta Verde, Pajuçara e Jatiúca – foi acompanhada pelo Instituto Biota de Conservação Ambiental.

Segundo Bruno Oliveira, presidente da organização não governamental, o trecho da Praia da Sereia, onde ficam as pedras, é ideal para manter o ‘berçário’, já que possui águas tranquilas e pode ser acompanhada de perto pelos biólogos do Biota. "O locais na praia precisam ser diferentes, para evitar predadores", comentou Bruno.

Estatísticas passadas pelo Instituto revelam que a cada mil ovos, apenas uma tartaruga consegue chegar à fase adulta, sendo o restante vítima de predadores ou fatores climáticos.

Empresas que desejam contribuir com a ONG pode procurar a sede e adotar um ninho. Desta vez, a colaboradora foi a Elo Engenharia, que doou R$100 para o projeto. Este valor é utilizado para sinalização, remoção e acompanhamento da eclosão, que geralmente ocorre entre 45 e 60 dias após a desova.

O principal objetivo do Instituto Biota de Conservação é promover a pesquisa, proteção, conservação e defesa da fauna e da flora, por meio de projetos e ações que, sempre atrelados à educação ambiental, possam colaborar para o desenvolvimento sustentável e a preservação das espécies.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Aprendizado

Olívia de Cássia - jornalista

Segunda-feira de Carnaval e eu aqui em casa, sem ter com quem sair, nem com quem compartilhar a alegria do dia. Mas não tem problema, a gente tem que encarar a vida de frente, esquecer as adversidades, agradecer a Deus e celebrar a vida. Essa celebração tem que existir, mesmo que por dentro a gente se sinta quebrada.

Ontem eu tive um ótimo dia em União. À tarde fui à praça ver o clima do frevo e não resisti ao reloginho da Basiliano Sarmento, com meu amigo Kleber Maques e Kelly (Cléria Lilian). Aprendi que temos que fazer valer a dádiva que Deus nos deus que é a vida, mesmo que a tenhamos com dificuldades.

As intempéries servem para que a gente amadureça e aprenda, como dizia minha mãe, ‘as regras do bem viver’. Que mulher sábia e forte era a minha mãe, que não precisou de muitos estudos para saber tanta coisa da vida e ter uma percepção aguçada.

A vida é uma celebração diária e temos que agradecer e comemorar. Se algo não deu certo hoje, ou não saiu da forma que a gente queria, não tem problema. Temos que ter paciência, é porque não era para ser. Deus tem coisas melhores para nós, cada dia me convenço mais disso.

Deus não ia dar um fardo que a gente não pudesse carregar. E se o fizer é porque precisamos refletir sobre o que estamos fazendo da nossa vida. É uma questão de entendimento e interpretação das parábolas que ele deixou para nós.

Estou feliz, apesar da saúde frágil. Tenho amigos bons, colegas que me fazem um bem enorme e estou trabalhando e lutando para que minha vida pessoal e financeira melhore a cada dia. Isso também é um aprendizado.

Uma boa segunda-feira de Carnaval para todos e divirtam-se com responsabilidade e alegria, porque a vida vale a pena. Que rufem os tambores.

Tudo Azul é a maior festa de mela-mela de Alagoas

por Agência Alagoas

Na cidade de Murici, interior de Alagoas, o Carnaval para ser completo tem que ter alegria, descontração, frevo, axé e muita tinta azul. Estes são os ingredientes que fazem a festa do povo no maior bloco de mela-mela do Estado, o Tudo Azul. O bloco desfila na terça-feira de Carnaval, com concentração às 10h, no Estádio Municipal.

Há 65 anos promovendo a alegria na cidade, o Tudo Azul já faz parte da identidade cultural da população. São milhares de foliões que pulam atrás do trio elétrico cantando e dançando melados de tinta. Mas um dos melhores momentos da folia é sujar quem estiver de fora. E como ninguém sai limpo da brincadeira, o melhor mesmo é entrar na farra.

Para o Carnaval de 2012, a expectativa da organização é a de que mais de 40 mil foliões - número registrado pela Polícia Militar (PM) no ano passado -participem do bloco. Quem for conferir o mela-mela vai pular ao som de três trios elétricos com uma atração principal a ser definida e mais duas bandas auxiliares.

Diferente de outros blocos tradicionais - onde existe corda e é preciso comprar a camiseta – o Tudo Azul é aberto. Para entrar no bloco, a pessoa só precisa trazer a alegria. Melados de azul, foliões de todas as idades e classes sociais desfilam iguais pelas ruas de Murici.

Fonte: Blog A Terra da Liberdade

A Franga da Madrugada desfila pelas ruas de União dos Palmares

O bloco mais irreverente de União dos Palmares desfilou na madrugada deste sábado, 18, arrastando uma multidão de foliões em sua maioria fantasiada de figuras femininas


Por João Paulo Farias – Texto e Fotos (Com informações Blog JMarcelo Fotos)

O bloco mais irreverente de União dos Palmares desfilou na madrugada deste sábado, 18, arrastando uma multidão de foliões em sua maioria fantasiada de figuras femininas. Em sua 11° edição, a Franga da Madrugada reúne mais adeptos ao bloco.

Antes do desfile houve o concurso para escolha da franga do ano nas categorias gay e indecisos, que são os homens que se vestem de mulher. A quadra municipal recebeu os candidatos das duas categorias. A disputa foi acirrada, as fantasias criativas e irreverentes, arrancavam aplausos e elogios da platéia.

A Franga Campeã foi Laila Laser da cidade de Maribondo, no sertão alagoano. Rodrigo Santos, que incorpora Laila, é decorador e reside em Maceió. O mesmo disse que está feliz com o título da franga do ano em União dos Palmares.

Após o concurso para escolher a franga 2012, uma multidão acompanhou o desfile do bloco pelas ruas do centro da cidade, ao som de uma orquestra de frevo até a Praça Basiliano Sarmento, quartel general da folia.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Conselho de União não aprova prestação de contas do Fundo Municipal dos Direitos da Criança

Foto Internet
Olívia de Cássia – jornalista

Recebi informação, por meio de comentário no blog, que o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente de União dos Palmares não aprovou a prestação de contas do Fundo Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente, apresentada pela presidente Rose Mary Pereira.

Segundo informação da entidade, na prestação de contas não foram apresentados as notas e recibos das despesas e nem o extrato bancário, sobre o recursos repassados pelo grupo Santo André, para financiamento do diagnostico sobre a situação da criança e do adolescente, no município.

Segundo o Conselho, há um financiamento de um projeto para atender 200 crianças que vai ser executado pela Organização Mirim, uma ONG do município que cuida de crianças em situação de risco, “que até o momento não foi repassado, mas segundo a presidenta Rose Mary Pereira, o recurso no valor de R$ 300.000 mil reais está aplicado”, diz o Conselho em seu informativo. O espaço está aberto para que a presidente preste os devidos esclarecimentos.

Desfile de blocos abre o Carnaval de União dos Palmares

Fotos de João Paulo Farias
Praça Basiliano Sarmento lotada de foliões

Por João Paulo Farias – Texto e Fotos

A abertura oficial do Carnaval de União dos Palmares aconteceu na noite desta sexta-feira, 17, com o desfile de quinze blocos pelas principais ruas da cidade. Um clima de descontração e alegria arrastou milhares de foliões, até o quartel general da folia, na Praça Basiliano Sarmento.

A Irreverência e criatividade dos blocos tornavam o desfile mais animado. Fantasias criativas, homenagens e até mesmo um caixão, faziam parte da festa mais popular do Brasil.

Pelo segundo ano, a Prefeitura Municipal, por intermédio das secretarias de Turismo e Cultura, realiza o concurso de blocos carnavalescos. Esse ano quem levou o título de bicampeão foi o Bloco Galera da Bagaça. Também foram premiados com o segundo lugar o Bloco da Gostosinha, e em terceiro lugar, o Bloco da Liberdade, do Bairro Sagrada Família.

O rei Momo Antônio Matias recebeu das mãos do prefeito Areski Freitas as chaves da cidade e abriu oficialmente a programação do União na Folia 2012.

Programação do União na Folia 2012

18/2 (sábado)


22h - 1h - BANDA CONTAGIO TROPICAL
1h - 0h - MOLEKES DO SAMBA

19/02 (domingo)

16h - 19h - BANDA CONTAGIO TROPICAL
19h - 22h - ALOHA
22h - 1h - GUETOMANIA
1h - 4h - CONTAGIO TROPICAL

20/2 (segunda-feira)

17h - 20h - BANDA ADERÊ
20h - 23h - BORA, BORA
23h - 3h - CONTAGIO TROPICAL

21/2 (terça-feira)

16h - 18h - CONTAGIO TROPICAL
18h - 21h - CELEBRIDADES ELETRICA
21h - 0h - GRUPO GINGADO
0h - 2h - LEVADA DO TIMBAL
2h - 5h - CONTAGIO TROPICAL

26/2 (domingo)

BLOCO TUDO VERDE COM JULINHO PORRADÃO

CHEGANDO NA PRAÇA BASILIANO SARMENTO TEM ALOHA

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Governador faz balanço da sua gestão na abertura dos trabalhos legislativos na ALE

Fotos de Olívia de Cássia - 15-2-2012
Olívia de Cássia – Repórter

Depois de um recesso parlamentar movimentado, com denúncias de ameaças de morte, denúncias de falta de transparência da mesa diretora e muitas falas na imprensa, a Assembleia Legislativa Estadual (ALE) reabriu os seus trabalhos na tarde desta quarta-feira, 15, com a presença do governador do Estado, Teotonio Vilela Filho (PSDB), assessores do Executivo, secretários de Estado e lideranças sindicais, entre outros setores da sociedade civil.

Na oportunidade, o governador fez um demorado discurso e em sua mensagem à Assembleia para a abertura da primeira sessão legislativa do ano ele fez um balanço das ações do governo, destacando os programas sociais e as principais metas do Executivo estadual.

Vilela disse que se sentia honrado e alegre por estar na ALE. “É com imensa honra e alegria que, mais uma vez, venho a esta Casa para abrir o ano legislativo e dividir com Vossas Excelências as boas novas sobre o Estado de Alagoas”, disse ele.

Além de prestar contas do trabalho do governo e elogiar sua equipe, o governador discorreu sobre os vários programas sociais implantados pelo Executivo e disse que o objetivo de sua ida à ALE também foi o de “selar um pacto em torno do projeto único que motiva a todos os Poderes: garantir aos alagoanos uma vida digna, com atenção aos princípios básicos nas diversas áreas sociais e avançar no desenvolvimento econômico, com bem-estar para todos os três milhões de alagoanos”, disse o governador.

Foi mais de uma hora de oratória de Téo Vilela que falou dos programas do governo, como o Alagoas Tem Pressa, o Estaleiro Eisa, o Acolhe Alagoas, Alagoas Mais Leite, entre outros. O governador também não esqueceu de citar o governo federal em sua fala.

Téo Vilela disse que durante encontro realizado em 2011, em Brasília, na reunião com governadores que atingiram as metas de austeridade preconizadas pela União, “a chefe da Nação fez questão de citar Alagoas e seu governador, como exemplo maior dessa conquista pelos esforços desenvolvidos pelo governo para ajustar suas contas”, destacou.

Não teve outras falas depois do discurso demorado do governador e ao final, o presidente da Casa, deputado Fernando Toledo (PSDB), conclamou a todos para a próxima sessão, que só acontecerá no dia 23, quinta-feira, após o Carnaval.

Terminada a sessão o governador foi até a sala da presidência, onde se reuniu com Toledo e outros deputados e depois Téo Vilela concedeu uma entrevista coletiva à imprensa, na antessala da presidência, onde foram tratados vários assuntos que estão na ordem do dia no Estado.

OPOSIÇÃO

O deputado Judson Cabral (PT), em entrevista à imprensa, criticou o discurso do governador Teotonio Vilela (PSDB) e disse que as pessoas estão se matando em Alagoas e o governador “vem aqui para a Assembleia para fazer tamanha propaganda. O Estado não é bem esse mar de rosas que ele pintou não. A realidade é palpável e a insegurança está sendo sentida por toda população”, disse Cabral.

Mas apesar da crítica, Judson reconheceu que o Estado avançou no modelo de gestão econômica e fiscal; todavia, o petista alegou que na área social Alagoas ainda está na contramão do desenvolvimento.

“O governador deveria pedir desculpas ao povo por tanta insegurança. Todo mundo anda com medo e essa sensação está em todos os lugares. O formato da nossa realidade é bem diferente daquele apresentado pela administração pública, lamentavelmente”, observou.

O parlamentar do PT destacou ainda que o Estado de Alagoas precisa remunerar melhor as polícias. “Os homens que fazem a segurança pública precisam ter uma política salarial decente para poder trabalhar com entusiasmo. O governo sequer quer pagar um resíduo que está pendente desde o início dessa gestão. Além disso, o Executivo tem ainda que aumentar o efetivo da tropa da Polícia Militar e investir maciçamente no serviço de inteligência”, reforçou o deputado.

RELATÓRIO DA CPI

A Coordenadoria de Comunicação da Assembleia distribuiu na sala da imprensa e no plenário a edição em formato de livro do Relatório Final da CPI da TIM, que foi apresentado em 13 de dezembro de 2011.

A Comissão Parlamentar de Inquérito que apurou irregularidades na empresa de telefonia móvel TIM teve como presidente o deputado Ricardo Nezinho (PMDB); vice-presidente o deputado Ronaldo Medeiros (PT); relator Sérgio Toledo (PDT); e teve como demais membros os deputados Eduardo Hollanda (PSD); Gilvan Barros (PSDB); Luiz Dantas (PMDB) e Jota Cavalcante (PDT).

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

I Conferência Municipal de Transparência Pública é realizada em União dos Palmares

Foto de João Paulo Farias
Olívia de Cássia, com informações de João Paulo Farias – O Relâmpago

Ontem, 14, o município de União dos Palmares realizou a primeira Conferência Municipal Sobre Transparência e Controle Social, coordenada pela Controladoria Geral da União (CGU) e Controladoria Geral do Estado (CGE), em parceria com os municípios.

Segundo o site O Relâmpago, as propostas que foram discutidas e votadas no evento nasceram da discussão de quatro itens temáticos, sobre os mecanismos de sensibilização e mobilização da sociedade em prol da participação no acompanhamento e controle da gestão pública.

A Conferência aconteceu na escola Mário Gomes de Barros, centro da cidade e reuniu pessoas da comunidade que foram representar diversos segmentos da sociedade civil e poder público, coo sindicatos, associações e outras entidades.
Para Marcos Lobos, diretor administrativo da Prefeitura de União e presidente da

Conferência Municipal, “a sociedade precisa participar ativamente das questões do controle social e com isso trabalhar no combate à corrupção”, disse ele.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação em Alagoas (Sinteal), Fabiana Alexandre, criticou a pouca participação da sociedade civil que compareceu ao evento e disse que ela “a sociedade civil é a base fundamental de fiscalização e controle social. Muitos cobram, mais na hora de participar e propor mudanças se ausentam”, observou.

Finalizados os debates e votações de propostas, foram eleitos vinte delegados que encaminharão as 20 propostas a Conferência Estadual, que acontece no próximo, 30 de março em Maceió.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Condomínio é alvo de ação civil pública ajuizada pelo MPT

Assessoria de Comunicação PRT19

Maceió/AL – O condomínio Edifício Valentin I, situado no bairro de Mangabeiras, é réu na Justiça do Trabalho por desrespeitar os direitos dos seus empregados e poderá pagar multa de 60 mil reais. Após duas tentativas do Ministério Público do Trabalho (MPT) em firmar um acordo extrajudicial, o órgão ajuizou ação civil pública a fim de finalmente solucionar o caso.

O MPT realizou uma inspeção no local e constatou que os porteiros não têm um ambiente de trabalho digno, como por exemplo, as cadeiras não são as adequadas para o tipo de atividade que eles desempenham. O ambiente da guarita é extremamente quente e abafado, não há condicionadores de ar ou ventiladores.

Além dessas irregularidades, o mais grave se refere ao recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que está em atraso; e as férias, que além de estar com os depósitos atrasados, não estão sendo anotadas nos livros de registros dos empregados e ainda não condizem com a data real do seu período de gozo.

A ação civil pública proposta pela procuradora do Trabalho Virgínia Araújo pede os depósitos do FGTS, as anotações fidedignas dos períodos de férias e a melhoria do ambiente de trabalho, no caso a guarita. Além da multa de 60 mil reais, o condomínio pode ainda vir a pagar 20 mil reais por cada obrigação descumprida. Esses valores serão revertidos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Bancada alagoana pede R$ 12 milhões para Memorial a Zumbi dos Palmares

Recursos serão destinados à modernização do Parque em homenagem ao líder da consciência negra; bancada aprova proposta de Renan, garantindo recursos da União à modernização do local

Por assessoria


O Ministério da Integração Nacional deverá anunciar nos próximos dias a liberação de R$ 12 milhões, oriundos de uma emenda de bancada de Alagoas no Congresso Nacional, que prevê a modernização do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, um dos mais importantes patrimônios históricos do Estado, localizado no município de União dos Palmares, Zona da Mata de Alagoas.

As condições atuais deste monumento, como também a via de acesso que leva a população e os turistas que buscam conhecer a história do Quilombo dos Palmares e admirar a beleza do parque, no entanto, se encontram em situação precária e de difícil acesso.

“A modernização do parque, com uma nova via de acesso, significará a valorização da história do povo negro e proporcionará a sustentabilidade de uma comunidade que habita e depende de todo o entorno do Parque para a geração de emprego e renda, e, ainda, contribuirá para o Desenvolvimento Local Integrado Sustentável”, justificou o propositor da emenda, senador Renan Calheiros (PMDB).

O coordenador da bancada federal de Alagoas, deputado Joaquim Beltrão (PMDB), destacou a iniciativa do senador, ao lembrar a importância, não apenas para União dos Palmares, mas para todo o Estado, de resgatar o patrimônio que representa uma parte significativa da história de Alagoas e da sua influência na história da consciência negra em todo o Brasil.

“A emenda prevê a construção de um terceiro acesso, além da melhoria e revitalização do memorial”, destacou, lembrando que a liberação dos recursos para o município vai depender basicamente “do convencimento junto ao governo federal”, em relação à importância da obra.

“O senador Renan, que foi quem sugeriu a emenda à nossa bancada, sabe, como ninguém, fazer esse tipo de articulação junto ao ministério, para tentar agilizar a liberação dessa verba e a imediata alocação dos recursos para as obras”, completa.

VIDA PRÓPRIA

O prefeito de União dos Palmares, Areski Freitas, o Kil (PTB), vibrou com a notícia da aprovação da emenda. Principalmente, segundo ele, porque a cidade vai ter vida própria durante o ano inteiro. “União irá se tornar uma cidade turística, auto-sustentável, incrementando a nossa economia, gerando emprego e renda para o nosso povo. Não ficaremos mais restritos apenas às festividades alusivas ao mês em que se comemora a Consciência Negra”, exultou, referindo-se aos festejos de Zumbi dos Palmares, comemorados anualmente em novembro.

Além da construção de um terceiro acesso, todo o Parque Memorial será revitalizado. Para isso, estão previstas obras de reconstrução da estrutura já existente, do restaurante e mirantes, transformando-o em um local seguro para o passeio de turistas e nativos. A nova estrutura também irá proporcionar o incremento de iniciativas que valorizem a produção artesanal, agrícola e cultural das comunidades remanescentes dos quilombos.

A Serra da Barriga foi tombada como Patrimônio Histórico em 20 de novembro de 1985. Em 21 de março de 1997 Zumbi dos Palmares foi reconhecido pelo governo federal como Herói Nacional.

Blogueiro alagoano tem garantido direito à liberdade de expressão

Delegado tinha impetrado recurso com objetivo de fazer jornalista não publicar textos ao seu respeito

Fonte: Robertta Farias - Dicom TJ/AL
imprensa@tjal.jus.br

O desembargador Estácio Luiz Gama de Lima, em decisão monocrática, negou seguimento ao recurso impetrado por Osvanilton Adelino de Oliveira, delegado da Polícia Civil de Alagoas, contra Roberto Villanova. O delegado exigia que o blogueiro ficasse proibido de publicar reportagens ou manifestar opiniões, de forma direta ou indireta, que envolvam a sua pessoa.

“Não se encontram satisfeitos os requisitos ensejados da tutela requerida. Isso porque, diante de um conflito aparente de direitos fundamentais constitucionalmente garantidos (liberdade de expressão versus inviolabilidade da vida privada e direito de imagem), deve o julgador se valer do princípio da proporcionalidade para identificar qual deles deve prevalecer no caso concreto”, afirmou o desembargador Estácio Luiz.

Para o relator do processo, deve prevalecer a liberdade de informação dos meios de comunicação, prevista na Constituição Federal, notadamente porque Osvanilton Adelino é integrante da segurança pública do Estado de Alagoas. Com isso, fica justificada a veiculação de notícias de interesse público, mesmo sem o consentimento da parte.

Entenda o caso

Osvanilton Adelino havia recorrido da decisão de primeiro grau com a alegação de que as menções feitas por Roberto Villanova em seus blogs ultrapassariam os limites da razoabilidade. Propôs, ainda, uma ação indenizatória por danos morais, uma vez que se sentiu prejudicado com o conteúdo publicado. Ao seu ver, a liberdade de pensamento e de informação não poderia servir de blindagem para a prática de ofensas à sua honra.

A decisão foi publicada, nesta segunda-feira (13), no Diário de Justiça Eletrônico (DJE).

Matéria referente ao Agravo de Instrumento nº 2012.000793-9

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Indicação ao TCE e Eleição da Mesa em pauta na ALE

Foto de Olívia de Cássia - arquivo
Um grupo de parlamentares mantém a postura e quer a saída de Fernando Toledo da presidência

Nigel Santana – Tribuna Hoje

Enquanto esteve em recesso, a Assembleia Legislativa do Estado continuou sendo destaque no noticiário. O retorno aos trabalhos, nesta terça-feira (14) tem promessa de ser agitado, inclusive com debates que giram em torno do pagamento da Gratificação por Dedicação Excepcional (GDE), eleição da Mesa Diretora e uma possível indicação do deputado e presidente da Casa, Fernando Toledo (PSDB), para o Tribunal de Contas.

O deputado estadual João Henrique Caldas (PTN) fez a denúncia que o pagamento da GDE estava cheio de irregularidades, e munido de documentos, entregou tudo ao Ministério Público Estadual. JHC cobrou da Mesa Diretora o envio das pessoas que recebem a Gratificação, mais a folha de pagamento. Tudo foi encaminhado, porém, o parlamentar afirmou à imprensa que as informações enviadas pelo presidente não foram suficientes.

Reeleição da Mesa Diretora

O presidente Fernando Toledo bem que tentou se reeleito para a presidência da ALE. A votação aconteceu em sessão extraordinária, porém, um grupo de deputados conseguiu uma liminar no Tribunal de Justiça e anulou o pleito.

Existe a possibilidade de a Procuradoria da Assembleia recorrer da decisão. Nos bastidores, um grupo de parlamentares tem se reunido com freqüência para debater uma eleição “mais democrática”. A verdade é que eles não apoiam o quarto mandato consecutivo de Toledo.

O indicado


O presidente da ALE, Fernando Toledo, é o possível indicado do parlamento para uma vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. A quebra de braço não é simples, pois, o Ministério Público de Contas afirma que a vaga é sua e já indicou o nome do procurador Gustavo Henrique Albuquerque.

A procuradoria da Assembleia Legislativa recorreu e agora a decisão de quem será o novo conselheiro será tomada no Tribunal de Justiça. Para Toledo, a possibilidade de ser indicado como conselheiro não existe. Sempre que questionado pela imprensa, o deputado diz: “Quero continuar exercendo o meu mandato”.

Lixão de União volta a pegar fogo desde sábado

Por João Paulo Farias – Texto e Fotos (site O Relâmpago)

O Lixão municipal de União dos Palmares está queimando desde o último sábado, 11, causando transtornos aos moradores de bairros próximos ao local. A fumaça tóxica da queima de inúmeros resíduos que são depositados diariamente a céu aberto atinge vários bairros da cidade, prejudicando a saúde de milhares de pessoas.

No final da manhã desta segunda, 13, o incêndio era avistado de vários pontos da cidade. Na entrada do Lixão, havia cerca de dez catadores que trabalham no local em busca de sustento. Eles lamentavam o incêndio que destruiu o material que eles guardavam para vender hoje. “Tinha coletado a semana passada, latinhas, plásticos e papelão, agora perdi tudo”, lamentava a catadora Marilene Santos.

Um caminhão do Corpo de Bombeiros vindo de Maceió, aguardava a presença de uma retro-escavadeira, há algumas horas, na entrada do Lixão, para revirar o lixo e dar espaço aos bombeiros para iniciar os procedimentos no local. Segundo o sargento Silva Neto, do Corpo de Bombeiros, a situação dos lixões no interior do Estado é crítica, mas em casos de incêndio, revirar o lixo pode amenizar o problema.

Para Marcos Lobo, funcionário da Prefeitura Municipal que se encontrava no local prestando assistência aos bombeiros, a coleta seletiva é o caminho para amenizar a quantidade de lixo que é destinada ao Lixão. Os trabalhos no local terão início na tarde desta segunda.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Rio Largo divulga programação oficial do Carnaval

Ascom-RL

Este ano, a Prefeitura Municipal de Rio Largo realizará uma festa carnavalesca para todos os públicos e gostos: é o ‘Carnaval 40 Graus’.

A programação que começa nesta sexta-feira (dia 10), a partir das 22h, com o tradicional Baile Municipal de Máscaras, na quadra municipal Luiz Alves da Silva se estenderá até o dia 26, com a saída do já consagrado bloco Azulou. O trio elétrico será conduzido pela banda Trem Bala. Já o baile municipal será animado pela banda Sal da Terra.

A abertura oficial do ‘Carnaval 40 Graus’ será no próximo dia 17, a partir das 22h, com ‘Trio da Huanna’ e ‘Celebridades do Forró’, no Pátio da Mulambeira. Lá ficará montado o palco principal, onde ocorrerão diversos shows até a terça-feira (21). A novidade este ano fica por conta das matinês infantis, nos dias 19 e 21 sempre às 17h; todas elas animadas por orquestras de frevo.

Seguindo a programação, no sábado (18) de Carnaval, a noite será dos ‘Bakanas é Show’ e da banda ‘kuartel Fatale’. Já no domingo (19) haverá shows com as bandas ‘Tropicana’ e ‘Êre’. Na segunda-feira (20) será a vez das bandas ‘Axerife’ e ‘Sokappa’. Para encerrar os festejos de momo, na terça-feira (21), o ritmo das bandas ‘Kuarto de Empregada’ e ‘Massarara’.

Entretanto, o ‘Carnaval 40 Graus’ só terminará no dia 26, com a festa da ressaca ao som da banda Trem Bala, que arrastará milhares de foliões no ‘bloco Azulou’. A concentração está prevista, às 15h, na avenida principal do antigo bairro do Tabuleiro do Pinto.



Blocos de Rua

Paralelamente, a Prefeitura de Rio Largo incentiva, apoia e patrocina os desfiles de 35 blocos de frevo que já fazem a alegria dos foliões dos diversos bairros do município desde o último dia 04. Entre eles, os já conhecidos Puro Tesão, Morcegão,Vem Bibiu, Flápaixão, Pau Nele, Beijo no Pinto, Tatajuba, Pão Duro, entre outros.

Destaque também para os blocos dos Garis (Secretaria de Obras), Caps na Folia (Secretaria da Saúde), Melhor Idade (Secretaria de Assistência Social) e o Umese na Folia (Estudantes Secundaristas). Além do Baile de Máscaras da Terceira Idade, que acontecerá na terça-feira (14), às 18h, na quadra municipal.


Mais Informações:
www.riolargonocaminhocerto.blogspot.com
(82) 9118-2981

BLOG: A TERRA DA LIBERDADE: Lourdinha Macena passa bem após transfusão de sang...

BLOG: A TERRA DA LIBERDADE: Lourdinha Macena passa bem após transfusão de sang...: Arquivo: Kléber Marques Conforme o filho de Lourdinha Macena, João Igor, informou através do Facebook nesta terça-feira (07), Lourdinha ...

Lá vem o Carnaval!

Olívia de Cássia – jornalista

Está chegando o Carnaval, a folia pede passagem. Em alguns estados do Nordeste já começou. Em Maceió, alguns bailes e prévias anunciam que o tempo de Momo vem por aí. Quem me conhece sabe que sou festeira mesmo, isso eu não nego. Assim como gosto de rock in roll, sou fã dessa festa democrática que é o Carnaval.

Se eu tivesse saúde e mais condições não perderia nenhuma festa, nem baile, desses que anunciaram por aí, mas esse ano, até agora, só pude ir ao Vermelho e Preto, no Jaraguá Tênis Clube. Os bailes de Carnaval, nas décadas de 60, 70 e 80 reunia a sociedade brasileira nos clubes.

Todos iam fantasiados, havia concursos de fantasias, os salões se enfeitavam. Cada um se esmerava para fazer mais bonito. A gente aproveitava para paquerar os meninos, principalmente aqueles que estudavam fora da cidade. Era uma festa de magia que me encantava.

A Associação Atlética Palmarina, em União dos Palmares, ficava toda enfeitada para os bailes que aconteciam à noite e no domingo e na terça as matinês infantis. Assim acontecia na maioria das cidades brasileiras, mas os bailes foram minguando, foram surgindo os trios elétricos até que foram acabando no Carnaval e a festa de Momo passou a acontecer apenas nas ruas.

Da mesma forma que sou romântica e um tanto quanto saudosista, sinto falta dos antigos carnavais e aplaudo quando surge por aqui alguma inciativa de resgate dos antigos carnavais de clube.

Nesse dia 9 de fevereiro comemora-se o Dia Nacional do Frevo. Em Pernambuco a data está sendo lembrada com muita frevança pelas ruas do Recife, durante todo o dia até a noite. É muita energia, alegria, irreverência, fantasias e animação por lá, a gente poderia fazer isso por aqui também, já que no passado pertencíamos àquele Estado.

Em Maceió, também no Dia do Frevo, acontece o baile municipal, mas só entra quem tem convite, é um evento fechado e seletivo, mas de muito bom gosto. Neste sábado, 11, tem prévia na orla, quando desfilam vários blocos; infelizmente, o Carnaval de Maceió se resume apenas a isso e convencionou-se dizer que a capital alagoana é para se descansar no Carnaval.

Eu não concordo com isso. Depois das prévias a cidade fica morta para o Carnaval; se tivesse frevo por aqui o povo não ia para outros estados. Uma pena isso.
Eu já contei em outras oportunidades para meus leitores que quem me iniciou nas brincadeiras de Momo foi a minha saudosa tia Ozória; nesse ponto eu sou igualzinha a ela. Minha tia não perdia um batuque.

Ela me levava, quando criança, aos bailes infantis da Associação Atlética Palmarina, sem que meu pai soubesse. Quando ele descobriu, brigou com ela foi perguntar ao padre se era pecado eu brincar Carnaval, pois meu pai era muito religioso.

Para minha felicidade ‘e alegria geral’, o pároco disse ao meu pai que a maldade estava na cabeça das pessoas e que não era pecado minha tia me levar para os estejos de Momo. A partir daí, não perdi mais uma festa. Bendito seja esse padre.

Que nesse Carnaval haja tranquilidade e que todos possam brincar e se divertir, não esquecendo as responsabilidades, pois quando a folia acaba, a realidade bate à porta e a vida continua.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Livro em homenagem ao monsenhor Donald é lançado em União

Foto de José Marcelo
Por Olívia de Cássia, com informações do blog do José Marcelo

No domingo, 5, a escritora Maria Madalena Barros de Menezes lançou em União dos Palmares seu livro ‘Contículos’. O livro faz uma homenagem ao monsenhor Donald Robert Macgillivray, que foi pároco do município durante décadas e era muito querido dos palmarinos. O lançamento do livro foi na Matriz de Santa Maria Madalena e teve a presença de centenas de moradores da cidade.

Segundo o blog do José Marcelo, Madalena Menezes é natural da Tanque d’Arca, mas mora em Arapiraca deste 1961, onde leciona Literatura Brasileira há 35 anos pela Universidade Estadual de Alagoas. Madalena contou ao blog que “não esperava lançar o livro em União, mas quando mandou um exemplar para Jacivania, ela se encarregou de providenciar o lançamento na terra de Don”, como era chamado o monsenhor pelos amigos.

A escritora também contou ao blog do Marcelo que conheceu o monsenhor Donald por intermédio de um padre de Arapiraca e ficou encantada com sua simplicidade e o carinho que ele tinha com todos a sua volta. Desde 1970, quando prestou vestibular para o curso de Letras da Ufal, Madalena teve contato com ele. Muitas vezes compareceu aos seus aniversários em União e algumas vezes ele a visitou no LUA (Lar da Universitária Alagoana).

Além de ‘Contículos’, onde colheu alguns depoimentos sobre o monsenhor, Madalena é autora dos livros “Historinhas em torno de um pastor e seu rebanho”, “Vidas em oferenda” e é organizadora do livro “Recado aos meus irmãos”. Por sua incursão na literatura, ela faz parte da Academia Arapiraquense de Letras e Artes (Acala) há dez anos. (Mais informações no blog do José Marcelo, no link http://www.jmarcelofotos.com/2012/02/autora-lanca-livro-em-homenagem-ao.html)

Campanha de arrecadação de fraldas geriátricas continua

Foto de João Paulo Farias
A campanha de arrecadação de fraldas geriátricas, para o abrigo Santo Antônio, em União dos Palmares, continua. Até agora consegui sete pacotes, com doações dos jornalistas da Tribuna Independente. O abrigo está necessitando com urgência e quem quiser ajudar pode entrar em contato.

A Casa do Pobre Santo Antônio, localizada no centro de União dos Palmares, é uma instituição filantrópica que funciona como um abrigo e atende vinte e cinco idosos do município e região. O abrigo está precisando urgente de fraldas descartáveis, pois é demanda é grande.

Quem quiser ajudar e conhecer a obra social entre em contato pelos telefones: (82) 3281-3234 / 9185-0337 / 9622-2017 / 9324-0890 / 9444-0071, faça uma visita ao abrigo, o endereço é Rua Dr. Hermano Plech n°411, Centro, União dos Palmares – AL. (Com informações do site O Relâmpago)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Promulgada lei, de autoria de Galba Noves, que proíbe caução em hospitais de Maceió

Foto de Olívia de Cássia
Por Assessoria

O presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Galba Novaes (PRB), promulgou, na segunda-feira (6), a Lei de número 6.110/2012, que proíbe a cobrança de caução ou depósito de qualquer natureza em hospitais da rede privada, para possibilitar a internação de pacientes em situação de urgência e emergência.

A ação do Legislativo municipal foi divulgada na manhã de terça-feira (7), no Diário Oficial do Município, o que faz com que a nova lei, de autoria de Novaes, entre em vigor a partir de sua promulgação.

De acordo com o texto, caso fique comprovado o pagamento da caução, o hospital será obrigado a devolver o valor cobrado em dobro ao paciente. O texto ainda explica as punições às unidades de saúde que violarem a lei, que variam desde uma multa no valor de mil reais, até o descredenciamento do hospital ao Sistema Único de Saúde (SUS) e ainda a cassação do alvará de funcionamento, concedido pela prefeitura.

“É um absurdo permitir que diante de um momento tão difícil e delicado o hospital ainda cobre até vinte mil reais do paciente para que este seja internado. Temos que priorizar a vida e preservá-la. Já tomei conhecimento de casos em que o valor referente à caução foi cobrado em espécie””, ressaltou Novaes.

Conforme a lei, competirá à Secretaria Municipal de Controle e Convívio Urbano (SMCCU) a fiscalização da aplicabilidade da lei. “Além da fiscalização que deverá ser realizada pela SMCCU, a unidade de saúde também deverá fazer a sua parte, fixando a matéria em locais visíveis do estabelecimento”.

O presidente do Sindicato dos Médicos, Wellington Galvão, reagiu com desconfiança e descrença à nova lei. Para ele, alguém deverá arcar com possíveis prejuízos causados, caso haja ‘calote’ por parte do paciente.

Alagoanas atuam em Fórum Nacional do PSDB Mulher

Uma delegação de tucanas alagoanas foi convidada pelo PSDB Mulher nacional para compor a Comissão organizadora do II Fórum Nacional do PSDB-Mulher, evento que reúne lideranças tucanas de todo o país, especialmente tucanas que são pré-candidatas a prefeitas, vice-prefeitas e vereadoras.

O Fórum vai colocar em debate a participação feminina nas eleições e representatividade das mulheres no cenário político brasileiro.

Convidada diretamente pela presidente nacional do PSDB Mulher, deputada federal Telma de Oliveira (MT), a presidente do PSDB Alagoas Sonály Bastos destaca a importância para o partido da participação de tucanas alagoanas na comissão organizadora do fórum.

“Este convite é resultante da capacidade de articulação e organização do PSDB Mulher Alagoas, e das experiências que podemos levar a mulheres tucanas de várias partes do país”, destaca a presidente do segmento. Para a deputada Telma de Oliveira, o PSDB Alagoas tem representatividade forte e é capaz de traçar “verdadeiras cruzadas”, como a mobilização nacional por justiça no julgamento dos assassinos da deputada Ceci Cunha.

“As mulheres do PSDB sentem-se gratificadas e com a sensação do dever cumprido por terem participado da mobilização da sociedade brasileira, por meio de seus Secretariados Estaduais, e do esforço do PSDB de Alagoas nessa verdadeira cruzada para não deixar cair no esquecimento o bárbaro crime que vitimou, há treze anos, nossa Deputada Ceci Cunha, seu marido e mais dois familiares, cujos assassinos não tinham sido, até então, levados a julgamento”, destacou a deputada. “Desejo ressaltar que o sucesso e a ampla repercussão desse magnífico trabalho de sensibilização popular e organização d os eventos na cidade de Maceió só foi possível graças ao envolvimento e o competente apoio do Diretório Regional do PSDB-Alagoas e de seu presidente”, enfatizou a presidente tucana.

A mobilização do PSDB Alagoas ganhou repercussão nacional, levando representantes do partido a participarem da organização do II Fórum Nacional do PSDB Mulher.

No evento, todas as pré-candidatas terão a oportunidade de traçar metas para o período anterior às convenções partidárias e também receberão orientações necessárias para que tenham seus registros confirmados pela Justiça Eleitoral em todos os estados da federação, garantindo o maior número de tucanas na história do PSDB participando das eleições municipais.

Gabriela Rodrigues
Assessoria de Imprensa
PSDB - AL

De volta a Angola Janga celebra destruição do Quilombo dos Palmares

Fotos de João Paulo Farias
Olívia de Cássia, com informações de João Paulo Farias – O Relâmpago

Em União dos Palmares, uma cerimônia ocorrida na madrugada desta segunda-feira, 6, denominada ‘De volta a Angola-Janga’, reuniu na Serra da Barriga cerca de cem pessoas, entre religiosos de matriz africana e grupos culturais, que lembraram a destruição do Quilombo dos Palmares, ocorrida em 6 de fevereiro de 1694, pelas tropas comandadas pelo bandeirantes Domingos Jorge Velho.

O evento foi organizado pela representação alagoana da Fundação Cultural Palmares, com o objetivo de reunir os descendentes que sobreviveram àquela batalha que dizimou milhares de quilombolas. Um momento de reflexão sobre o que foi a luta do povo negro em busca da liberdade.

Segundo João Paulo Farias, no site O Relâmpago, estiveram presentes ao evento líderes de religiões de matrizes africanas de Maceió, entre eles o representante da Federação dos Cultos Afro, Pai Paulo, a ialorixá Mãe Mirian, a ialorixá Mãe Neide, que compareceram junto com inúmeros religiosos.

Também participou da cerimônia o Grupo de Estudos Culturais Vixe Maria, em parceria com a Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP), que levou à Serra das Barriga representantes dos municípios de Maceió, Branquinha, Messias, Santana do Mundaú e União dos Palmares.

Já passava da meia noite quando teve início, no Sítio Recanto, na Serra da Barriga, o pedido de permissão aos ancestrais, por intermédio dos religiosos, para prosseguir com o cortejo até o platô. “Nesse momento teve início a declamação do poema Escalando a Serra da Barriga, de Abdias Nascimento, na interpretação do ator Chico de Assis”, conta João Paulo.

A caminhada prevista em 4 km foi reduzida e teve início após o Posto de Informações, onde os religiosos de matriz africana iniciaram uma reflexão sobre o centenário do Quebra de Xangó, onde em um minuto de silêncio toda a violência cometida contra os religiosos foi lembrada.

Segundo o site O Relâmpago, Mãe Miriam falou do pedido formal de perdão à população afro-alagoana e à religiosidade afro-brasileira, feita pelo Governo do Estado em cerimônia no Palácio dos Martírios na última quinta-feira,2, referente ao massacre do Quebra.

“Iniciado o cortejo em direção ao Platô da Serra, centenas de pessoas, entre religiosos, grupo de jovens e populares, refletiam em meio à cantoria e orações. Na segunda parada, o tema violência contra jovens em sua maioria negros, foi debatido com uma dramatização feita pelo Grupo Vixe Maria e PJMP”, conta Farias.

A última parada foi na entrada do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, o momento foi de muita celebração, onde os religiosos entoavam cantigas e orações aos antepassados. Nesse momento o poema ‘Serra da Barriga’, de Jorge de Lima, foi recitado pelo ator Chico de Assis.

Em sua fala a ialorixá Mãe Neide, do Grupo Espírita Santa Bárbara, destacou a importância da celebração dessa data, “Estamos refazendo a história e resgatando o que nos foi tirado”, disse ela. A ialorixá parabenizou a FCP pela elaboração do projeto, “Genisete precisa cada vez mais de nosso apoio, estamos juntos”, observou.

A representante da Fundação Cultural Palmares em Alagoas, Genisete de Lucena Sarmento, disse que esse evento foi o início das atividades culturais para celebrar a Consciência Negra este ano, já que as comemorações eram restritas ao dia 20 de novembro. Genisete lamentou a ausência dos quilombolas, pois foram convidados pela FCP em algumas cidades do estado. Mas, devido a fatores desconhecidos, eles não compareceram ao evento.

“Sinto-me feliz e realizada pela presença de todos vocês, sinto-me uma descendente dos sobreviventes da batalha de 1694”, disse Genisete Sarmento, fazendo referência ao nome do evento 'De volta a Angola Janga', que nos remete às origens, tanto africanas, quanto palmarinas.

A cerimônia emocionou e trouxe o passado sofrido à realidade dos nossos dias. Para a assistente social Nádia Seabra, “a volta ao passado serve para se trabalhar o combate à descriminação e ao racismo, que ainda hoje é gritante”. Emocionada, Nádia destacou que ainda existem muitas pessoas que vivem sob o regime da escravidão, na terra onde se travou uma batalha épica.

Encerrando o evento, um café da manhã foi servido aos participantes no restaurante Kùuku-Wàana (Banquete Familiar).

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Senac dará curso de fotografia este mês

O Senac está com inscrições abertas para o curso de fotografia, que terá como foco o mercado publicitário.

A primeira turma do curso terá aulas ministradas pelo professor e publicitário Gustavo Boroni, durante o período de 13 a 23 de fevereiro, com aulas das 18h às 22h, na Unidade Poço, na Rua Pedro Paulino, 77.

No curso serão ensinadas as técnicas da fotografia de publicidade e sua aplicação nos diversos meios de informação. Fotos com modelos, paisagem, objetos, câmeras, luz, modificadores da luz, estúdio e a manipulação de imagens são alguns dos temas que serão vistos pelos alunos durante o curso. Mais informações pelo telefone 0800 082 2005.

Prédio da Câmara de União é o primeiro a ser pintado com as cores da bandeira do município

Foto da Assessoria
Por Assessoria

O prédio da Câmara Municipal, localizado na Rua Rui Barbosa, centro de União dos Palmares, foi o primeiro do município a ser pintado de acordo com a Lei nº 1212/2011, sancionada pelo Prefeito Areski de Freitas, em 27 de junho de 2011, que dispõe sobre a obrigatoriedade do respeito às cores da bandeira de União dos Palmares na pintura dos prédios públicos.

Segundo o vereador e atual Presidente da Câmara Municipal, Bruno Leitão Praxedes (PSDB), autor da referida Lei, a partir de 2013, todos os prédios públicos do município, adquiridos ou que forem construídos, devem ser pintados com as cores que representam e simbolizem as cores da bandeira do município de União dos Palmares, no caso o vermelho, o verde e o branco.

"Decidi por pintar o prédio da Câmara Municipal para mostrar como os prédios podem ficar bonitos se pintados com as cores de nossa bandeira. Estou feliz com o resultado e espero que outros prédios sejam pintados da mesma forma", disse o vereador que ainda informou que foi procurado por outros presidentes de Câmara do país solicitando a cópia do projeto. "Até mesmo uma equipe da TV Pajuçara esteve no município para fazer uma matéria a respeito deste projeto", disse.

Quando colocou em votação o Projeto de Lei, a intenção do vereador era de proibir a utilização de pinturas em prédios públicos para a realização de propaganda eleitoral de candidatos, partido político ou de coligações, bem como a fixação de logomarcas, símbolos, clichês ou de outros endereços pessoais que possam servir de propaganda eleitoral disfarçada.

"Nos últimos anos, os prédios públicos de nosso município vinham sendo pintados com as cores usadas em campanhas eleitorais por seus prefeitos. Por conta disto, vinha sendo procurado pela população para que elaborasse um projeto que acabasse com essa prática. Conversando com minha assessoria, surgiu a idéia deste Projeto de Lei", informou o vereador.

O vereador explica que não se trata de uma matéria que cria despesas, mas sim de uma simples padronização de cores a serem aplicadas em todos os prédios, evitando a velha e superada politicagem. "Esta Lei não está obrigando a atual administração a mudar todas as pinturas dos prédios já existentes, pelo contrário, apenas está prevendo que as novas pinturas sejam efetivadas com as cores disciplinadas nesta Lei", justifica.

BLOG: A TERRA DA LIBERDADE: UTILIDADE PÚBLICA: Lourdinha Macena necessita de s...

BLOG: A TERRA DA LIBERDADE: UTILIDADE PÚBLICA: Lourdinha Macena necessita de s...: Lourdinha Macena, professora e ex-locutora das festas de Santa Maria Madalena, necessita, urgentemente, de sangue do tipo B negativo. Os d...

domingo, 5 de fevereiro de 2012

O que pensa cada um de nós

Olívia de Cássia – Jornalista

Desde que aconteceu o atentado contra a vida do filho do deputado Antonio Albuquerque (PTdoB), o jovem Nivaldo Ferreira Albuquerque Neto, 24 anos, que algumas pessoas têm se utilizado maldosamente das redes sociais para destilar ódio, sede de vingança e mensagens de mau gosto na internet.

O estranho comportamento de internautas que dizem defender a não violência, no Facebook, Twitter e mídias afins não dá para entender, no entanto. Não quero aqui fazer demagogia e querer parecer ser boazinha, mas como cristã e jornalista tenho obrigação de refletir a respeito de algumas questões postas na ordem do dia.

Sábado, dia 28, no meu plantão no site Tribuna Hoje, eu presenciei uma cena que me deixou comovida: uma mãe da periferia, desesperada, se atirando sobre o corpo do filho morto a tiros, em Cruz das Almas, provavelmente mais uma vítima do crack e da violência que não para de crescer. Não dá para a gente sair de uma experiência dessas com a mesma atitude.

Essas pessoas que destilam ódio e sede de vingança dizem que não gostam de violência, falam do governo que não toma atitude contra tantas mortes no Estado, criticam o próprio deputado AA e outros de formação conservadora e chamados de direita, pela forma de fazer política, mas vibram com uma notícia de atentado contra a vida de um ser humano.

O que aconteceu com o jovem Nivaldo Neto, filho de AA, foi um extremo ato de violência contra a vida. Se o idiota ou mais de um fez ou fizeram isso na intenção de atingir o deputado, creio que o feriram de morte, pois não é fácil para um pai ver o filho numa situação dessas.

Mas olhando por outro lado, de maneira mais fria e técnica, quem o fez, além de ser escandalosamente um assassino, é muito burro, pois o parlamentar vai passar a ser considerado como vítima da história e é, no momento. E com a comiseração das pessoas sua popularidade vai aumentar ainda mais.

Independente de quem seja a vítima, não devemos pregar a violência, mesmo que a maneira do deputado AA de fazer política (comenta-se) não seja das mais pacíficas. O mundo já está por demais desorientado e agressivo, devemos cultivar a paz. Ela começa dentro de cada um de nós, nas atitudes que tomamos e nas decisões que adotamos.

O rapaz em questão está em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva, em Arapiraca, devemos orar por ele e pedir a Deus que tenha compaixão de sua alma. Ele levou vários tiros na sexta-feira e passou por cirurgias; dizem que corre perigo de morte, apesar de terem sido suspensos os boletins médicos.

A violência cometida contra o filho do deputado já dá uma pequena amostragem de como será o período eleitoral no Estado, considerado o mais violento do País. Concordo com a vereadora Heloísa Helena (PSOL), quando critica a postura dessas pessoas que destilam seu ódio pelas redes sociais.

“Todos sabem o quanto é abominável a forma de fazer política do deputado estadual Antonio Albuquerque (PTdoB) e de muitos outros. No entanto, considero vergonhosas as comemorações e deboches diante da tentativa de assassinato contra o filho do deputado”, disse ela no Twitter.

Li o seguinte comentário no site Cada Minuto: “Sei que os filhos não têm nada com as ações dos pais, porém é nessas horas que eles têm de sentir na pele o que a maioria dos alagoanos passam com os roubos de dinheiro que eles tiram da segurança, saúde, moradia e dos serviços sociais da população pobre. Deus é justo”.

A revolta contra os políticos ladrões é justa, mas devemos retribuir isso com nosso voto de protesto, votando contra eles nas eleições. Essa é a melhor forma. O estranho é que muitas pessoas que destilam ódio e revolta, no dia da eleição votam até se o político paga um refrigerante. Não deveria ser assim.

Diante de tanta palavra agressiva, eu pergunto: quem somos nós para querer nos arvorar de justiceiros ou donos da verdade¿ Não existem verdades absolutas, cada um tem a sua, a seu modo. Deixem que a vida ou próprio Deus tomem conta disso. Que a paz seja restabelecida em nosso Estado tão sofrido. Até mais.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Procissão de Santa Maria Madalena leva milhares de fiéis às ruas de União

Fotos de Olívia de Cássia-2-2-2012
Olívia de Cássia – Repórter

Terminou nesta quinta-feira, 2 de fevereiro, a tradicional festa de Santa Maria Madalena, em União dos Palmares. Ontem à tarde, a procissão das charolas dos santos reuniu milhares de fiéis, que foram demostrar sua fé e renovar os votos à santa padroeira do município, como tem sido feito há 177 anos.

O cortejo saiu com muito atraso e houve muita reclamação dos fiéis. Segundo informações de pessoas ligadas à igreja, teve charola que veio para Maceió para ser ornamentada e alguns santos só chegaram a União no final da tarde.

Normalmente a procissão tem início por volta das 16 horas, mas ontem quando vieram sair os primeiros andores já era quase 18 horas, o tempo já escurecendo, o que tornou tudo muito cansativo, apesar da fé do povo.

A ornamentação das charolas é financiada por moradores da cidade, pessoas físicas ou jurídicas. A de Santa Maria Madalena é sempre a de maior destaque na procissão. A decoração surpreende e emociona muitos fiéis.

Por onde a procissão passava inúmeras pessoas demonstravam respeito pela santa, fachadas das casas são decoradas nas ruas por onde passa o cortejo, chuvas de papel picado e aplausos.

Devotos com os pés descalços, outros com pedras na cabeça, trajando roupas de santos foram vistos na procissão. São promessas pagas por graças alcançadas e quem vem de fora fica emocionado também.

Um helicóptero do grupo João Lyra sobrevoou o local, antes de a procissão sair, jogando quilos de pétalas de rosas nos fiéis, gesto que agradou a todos, apesar do receio de que o aparelho despencasse de lá de cima, pois estava voando muito baixo.

Uma banda religiosa de São José da Laje tocou músicas católicas antes de a procissão sair. Alguns visitantes reclamaram da ausência dos cânticos religiosos durante a procissão e a maioria acompanhou conversando e saudando os amigos que estavam de fora, só observando.

Mas quem aproveitou mesmo a festa para cumprimentar possíveis aliados foram os políticos e autoridades locais e da região, que utilizaram o evento para fazer campanha, já que esse é um ano de eleições municipais.


E quando a procissão já estava em frente à agência dos Correios, informaram que um dos padres da paróquia local teria orientado que ao invés de fazer a curva, como vinha sendo feito há algum tempo, por conta dos brinquedos armados na Avenida Monsenhor Clóvis, seguisse em frente.

Lá mais na frente deu para se entender a orientação: eram os candidatos que se encontravam ao longo da Avenida Monsenhor Clóvis: o ex-deputado federal João Caldas; o ex-governador Manoel Gomes de Barros, o Mano, o deputado Nelito e mais na frente o prefeito Kil e seus assessores, além do médico Beto Baia e vários supostos candidatos a vereadores do município.

À noite na festa, o desempenho na tentativa de conquista de possíveis eleitores foi o mesmo e muitos fiéis aproveitaram a oportunidade para ver os políticos de perto, já que isso só acontece nas campanhas eleitorais e eles somem de vista.

Outros fiéis ficaram indignados com o uso eleitoreiro que se faz da santa. Mas com reclamação ou sem, todo ano eleitoral é assim e não é só em União dos Palmares que isso acontece. Avalio que cabe a cada um de nós saber lidar com essa situação e diferenciar a fé do oportunismo político.

PROCISSÃO DA BANDEIRA

Hoje à noite haverá a procissão da bandeira, quando ela é retirada do mastro e os fiéis, com velas acesas dentro de um saco de papel rodeado de arame, percorrem as ruas da cidade, até chegarem à Casa Paroquial, onde a bandeira será entregue, para ser novamente retirada no próximo ano.

Que em 2013 haja mais organização do evento e a comunidade seja consultada para dar sugestões para que o evento melhore a cada ano e a gente possa sair satisfeito com a renovação da nossa fé.

E agora, o que fazer?

Por Olívia de Cássia E agora, o que fazer? Essa pergunta me veio à baila, antes e depois da aposentadoria por invalidez e em alguns dias q...