quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Sentindo-me agradecida...

Olívia de Cássia Cerqueira

Sento-me diante da tela do computador, abrindo a página em branco do editor de texto e pensando nas possibilidades do que eu possa expressar agora, depois da expectativa de ter publicado Mosaicos do Tempo.

Dessa forma, resolvo fazer uma compilação de textos que escrevi e publiquei no blog, sem nenhuma pretensão maior, a não ser a possibilidade de um dia, talvez, voltar a publicar esses escritos, para colocar o cérebro em atividade e não perder as minhas esperanças diante das minhas já acentuadas limitações, por conta do Doença de Machado Joseph.

Finalizei Mosaicos, em 2004, com a morte de mamãe e a minha separação, que aconteceu em setembro de 2003 e me deixou sem norte, me levando a uma terapia com psiquiatra e a partir daí surge a idéia de escrever o livro.

Parece que a iniciativa de escrever com mais frequência sempre se dá quando algo me impulsiona e me afeta de alguma forma. Posso dizer que quase cheguei ao fundo do poço, embora a pessoa em questão não merecesse o meu sofrimento e a minha dor. Mas tudo bem, me serviu de lição e amadurecimento.

Embora à época eu tivesse cheia de conceitos feministas e filosóficos, me deixei levar àquele tempo, por um sentimento de baixa autoestima e desamor a mim, que me perseguia desde a infância. Felizmente, passados todos esses anos, sobrevivi a tudo aquilo e posso dizer que hoje eu sou uma vencedora, que sou feliz, apesar do meu problema de saúde que já me limita de realizar algumas tarefas, às vezes as mais banais.

Atualmente envolvida nas questões políticas, na conjuntura que o Brasil vive, com minhas leituras, meus pets, fotografia e agora com a divulgação e venda de Mosaicos do Tempo, posso dizer que só me falta ter condições de viajar com mais frequência , para ser uma pessoa realizada.

Reafirmo todos os dias a minha gratidão às pessoas, amigos, conhecidos e anônimos, que se dispuseram a contribuir com esse momento que estou vivendo. Agradecer a Deus por ainda me dá discernimento e coragem para lutar por um mundo melhor, por uma país mais justo e contra todo tipo de preconceito, contra quem quer que seja. Viva a liberdade, viva a democracia.

Glenn enquadra Moro: continua mentindo

247 - Um dos fundadores do site Intercep Brasil, o jornalista Glenn Greenwald sinalizou que o minsitro da Justiça e Segurança Pública, Sér...