terça-feira, 20 de março de 2012

Assembleia pode arquivar CPI da Pisotolagem

Foto de Olívia de Cássia - arquivo
Por Olívia de Cássia

Por insuficiência de nomes, no prazo regimental, a Assembleia Legislativa Estadual (ALE) pode arquivar o requerimento com 13 assinaturas de adesão, de autoria do deputado João Henrique Caldas (PTN) solicitando a criação da CPI da Pistolagem em Alagoas.

A informação do arquivamento foi do presidente da Casa de Tavares Bastos, deputado Fernando Toledo (PSDB) na tarde de hoje, 20. Toledo disse aos jornalistas que cobrem as sessões diárias que os partidos não indicaram os integrantes, em tempo hábil, e por isso a CPI deverá ser arquivada.

“Só o PTN e o PMDB indicaram seus nomes”, informou Toledo. O PMDB indicou o deputado Olavo Calheiros e o PTN, o líder do partido, único deputado na Casa e proponente da CPI, deputado JHC, que precisou se ausentar da sessão hoje, por motivo de agenda, e encaminhou requerimento informando sua falta.

Nenhum comentário:

Canto escuro

Por Olívia de Cássia Cerqueira Mais uma vez, o autor Daniel Barros leva o leitor/leitora até a última página, sem nem sequer pensarmos em ...