terça-feira, 15 de julho de 2014

Meus sonhos


Por Olívia de Cássia Correia de Cerqueira

Vão ficando
mais distantes
a cada dia...

Me desespero
porque
vejo que
eles estão
se dissipando...
feito areia do mar
em minhas
mãos...

E me questiono
E me desespero
E espero
E quero
viver...

Viver cada minuto
que me resta,
cada segundo
que se apaga
como fagulha
de fogueira
Postar um comentário

Alguns instantes. Vivendo por aí...