domingo, 16 de fevereiro de 2014

Cresce o destino turístico para os cânions do São Francisco

Divulgação
Olívia de Cássia – Repórter


O turismo para a região dos cânions do São Francisco está crescendo e cada dia atrai maior número de turistas ao local. Com um pacote de R$ 190, o visitante pode ir e voltar de van, passear de catamarã, no meio dos cânions, tomar banho numa plataforma de 150 metros, almoçar e ainda conhecer o Museu do Cangaço, em Piranhas Velha.

Amanda Calheiros fez o passeio no último sábado de janeiro e conta que ficou encantada com o que viu. Ela foi com a família e pensa em voltar ao local. “É tudo muito bonito, tem muita gente de fora e o que mais gostei foi o banho em uma plataforma flutuante do próprio restaurante. A plataforma tem 150 metros de profundidade; é lindo”, ressalta.

Além disso, Amanda ressalta que no passeio é feita uma homenagem a São Francisco de Assis. “O clima no barco é muito gostoso, tem uma música que vai preparando o turista para a homenagem e contagia todo mundo; na volta, conhecemos o Museu do Cangaço”, pontua.

Seu Márcio Nascimento é organizador dos passeios e proprietário de uma das agências que fazem o traslado de turistas. Ele observa que geralmente o passeio é feito com 40 pessoas e o próximo será no dia 22, e chega em Maceió às 20h; esse tipo de passeio é conhecido no meio turístico como bate e volta.

“Chegando lá embarcaremos num catamarã, faremos um passeio de três horas; nesse período teremos uma parada na plataforma, onde foi cenário da novela Cordel Encantado (da Rede Globo) e a minissérie Amores Roubados. Lá ficamos uma hora, onde as pessoas poderão comprar artesanato e tomar banho. É uma área de lazer com infraestrutura impecável”, ressalta.

O bate e volta é feito no último sábado de cada mês, segundo Márcio Nascimento. Outros turistas vão de carro e encontram com o grupo no ponto e vão fazer a mesma rota, conhecendo os pontos turísticos do local.

“O passeio rápido é muito proveitoso: na volta, depois do almoço, a gente ainda dá de cortesia um passeio ao Museu do Cangaço, em Piranhas Velha, uma cidade histórica, com centro de artesanato, onde o visitante pode tirar belas fotos”. Outro passeio está previsto para março, segundo o empresário.

INVESTIMENTO

 Até julho de 2015 a Secretaria de Turismo do Estado possui ações a serem realizadas pelo Projeto de Dinamização do São Francisco que tem um investimento inicial de três milhões de reais, mas por meio da captação de parceiros esse investimento aumentou. 

Além disso, segundo a diretora de Destinos e Produtos e interlocutora da região, Sandra Villanova, ações de marketing e projetos pontuais “com o intuito de aumentar a visibilidade da região, como o projeto "Alagoas nas Velas" onde a região do São Francisco foi contemplada com 12 jangadas; as placas que estão sendo reformadas e cinco municípios foram contemplados. Além disso, ela pontua que tem a  captação de mídia em revistas nacionais e famtour para jornalistas.

Segundo a diretora, como o turismo na região está em ascensão ainda não há como mensurar com exatidão o número exato de hotéis, restaurantes e pousadas do local, pois alguns empreendimentos não fazem parte do Cadastur. 

Segundo ela, o setor responsável (Destinos e Produtos) está fazendo uma média, baseada nos dados do inventário, pois a região do São Francisco, devido à quantidade de leitos e empreendimentos turísticos, está mais preparada para receber um público segmentado.

Dados da Prefeitura de Piranhas, encaminhados à Setur, indicam que houve um aumento de 40% no fluxo de visitantes em 2013, contra 2012. “O Governo do Estado tem trabalhado junto às prefeituras para melhorar questões como acesso aos municípios, segurança e infraestrutura urbana. A Secretaria de Estado do Turismo trabalha na captação de recursos para melhorar a visibilidade do destino, para posicionar a região no mercado nacional e internacional”, conta a diretora.
Postar um comentário

E agora, o que fazer?

Por Olívia de Cássia E agora, o que fazer? Essa pergunta me veio à baila, antes e depois da aposentadoria por invalidez e em alguns dias q...