‘Matuto de luxo’ Geraldo Cardoso será uma das atrações hoje, na Praça Multieventos

Foto: Álvaro Tojal\arquivo
 Olívia de Cássia 

O forrozeiro Geraldo Cardoso, o ‘Matuto de Luxo’ será a segunda atração da noite desta terça-feira, 27, na Praça Multieventos, na Pajuçara, antecedendo o show do cantor Guilherme Arantes. O artista alagoano de raiz nordestina vai ilustrar a festa promovida pela Fundação Cultural de Maceió (Fmac).
Geraldo Cardoso vai trilhando seu caminho de sucesso, com simplicidade e determinação e uma carreira já consolidada nos palcos do Brasil. O Matuto de Luxo compartilha essa alegria com o público e promete muita alegria, descontração e forró, pela qualidade do seu trabalho e empreendimento na sua carreira.
Natural de Quebrangulo, o Matuto de Luxo está entre os melhores nomes do forró do Nordeste, tendo participado de diversos projetos de destaque e premiações fora do Estado. Ele conta que cada show que faz é uma emoção diferente.
“O prazer aumenta cada vez mais quando sinto que toco no coração e na emoção das pessoas, eu gosto de ver o povo dançando”, pontua.  Geraldo Cardoso lançou recentemente seu CD e DVD Roda de Forró, que foi concebido em casa, em encontros com amigos.
“Esse trabalho nasceu aqui em casa, nos encontros com os músicos, Pardal (zabumbeiro) e Geraldo Araújo (baixista). A gente se encontra aqui, depois dos shows, para dar uma descansada e virou um show, por intermédio do jornalista Keyler Simões”, observa.
Além de Geraldo Cardoso, a festa contará com apresentação de grupos folclóricos resultado de  uma emenda do deputado Paulo Fernando dos Santos (Paulão-PT), que contempla cinco artistas solo e cinco grupos folclóricos, além da produção e lançamento do CD do Matuto de Luxo. “Agradeço ao deputado Paulão pelo investimento na cultura do nosso Estado e pelo reconhecimento dos artistas da terra”, disse Geraldo Cardoso.
O artista também destaca a parceria com a Fundação Cultural de Maceió. “Para mim é um prazer cantar na minha terra e quero aqui agradecer à Prefeitura Municipal de Maceió pelo belo trabalho de valorização da cultura desenvolvido pela Fmac e pelo Vinícius Palmeira”, pontuou.
O COMEÇO
Influenciado por artistas como Luiz Gonzaga, Trio Nordestino, Alceu Valença, Nando Cordel e Jorge de Altinho, Geraldo Cardoso explica que no final dos anos 80 juntou uma banda com formação simples: uma sanfona, zabumba e um baixo; depois viu a necessidade de se colocar uma bateria, uma guitarra, e em seguida entraram os metais e ele gravou o primeiro disco chamado ‘Baião Aceso’.
De lá para cá o artista alagoano não parou mais e já gravou três vinis; na era do CD e DVD já gravou 14 trabalhos: onze CDS e quatro CDS e DVDs.  “Me orgulho de ter começado em uma época que se gravava vinil, tempo muito rico para a música. Fiz bastante shows, em muitas capitais, pelo Nordeste principalmente, muita coisa no interior, o interior consome muito o nosso trabalho”, argumenta.
Geraldo Cardoso também já teve música incluída na trilha sonora da novela América, da Rede Globo, com a música ‘Um matuto em Nova Iorque, época em que ganhou o título de Matuto de Luxo.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Que vença o melhor

De repente você percebe

Até quando não sei