domingo, 26 de abril de 2015

Festa e alegria na entrega do Prêmio Braskem de Saúde e Segurança no Trabalho

Olívia de Cássia - Repórter
Primeiro Momento

O Sindicato dos Jornalistas do Estado de Alagoas (Sindjornal); a Braskem; Ministério Público do Trabalho e Emprego (MPTbE), por intermédio da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego realizaram ontem na noite deste sábado, 25, no Armazem Uzina, em Jaraguá, a cerimônia de entrega da segunda edição do Prêmio Braskem de SST – Saúde e Segurança no Trabalho.
Prêmio Braskem de SST – Saúde e Segurança no Trabalho - Fotos Olívia de Cássia
A festa de entrega contou com a presença de mais de 600 pessoas e mesmo sendo a segunda edição a premiação bateu recorde de inscrição: teve 77 trabalhos inscritos, superando em 42% o número de trabalhos de 2014.
O jornal Tribuna Independente ficou em primeiro lugar na categoria impresso/texto, com o trabalho da jornalista Thayanne Magalhães, que teve o título: “Profissão perigo: as cinco áreas mais arriscadas para atuar em Alagoas”. Já a jornalista Ana Paula Omena,repórter do portal tribunahoje.com obteve duas premiações. O terceiro lugar em webjornalismo com a reportagem “Matadouros clandestinos ameaçam saúde e segurança do trabalhador”. E o segundo na mesma categoria com a matéria “Motoboys: profissão quase suicida”.
O presidente do Sindjornal, Flávio Miguel Peixoto , nas palavras de boas-vindas aos presentes destacou o momento difícil que a categoria está passando, por conta de estar na data-base e os patrões terem oferecido zero por cento de reajuste, ou seja, nada.
Presidente do Sindjornal, Flávio Miguel Peixoto - Foto: Olívia de Cássia
“Quero agradecer aos patrocinadores do prêmio e à comissão que apreciou os trabalhos inscritos, destacando a qualidade das matérias. A categoria está em campanha salarial e a nossa data-base é o mês de maio; os patrões não ofereceram nada de reajuste. O resultado de hoje eleva e divulga o nome das empresas e é preciso que a categoria tenha o seu reconhecimento merecido”, observou.
Segundo Flávio Miguel, as empresas não querem aplicar sequer a inflação do período, diante de tanta intransigência, “estamos abertos ao diálogo”, pontuou.
O superintendente do Trabalho, Israel Lessa, disse que o número de acidentes de trabalho no Estado tem aumentado. “Chega a um número alarmante e esse ano já começamos com mortes nos locais de trabalho. Um trabalhador de 37anos foi esmagado por um trator”, disse ele.
Todos os representantes do Ministério do Trabalho reforçaram a necessidade da prevenção nos locais de trabalho. O representante do MTbE, Rodigo Alencar, disse que a questão da terceirização aprovada na Câmara dos Deputados Preocupa. “Terceirização resulta em trabalho escravo. É preciso haver honestidade sobre a terceirização, para não termos que lamentar acidentes de trabalho. Esse Congresso que está aí é muito conservador”, argumentou.
Os jornalistas premiados receberam troféus, além de dividir premiação que soma cerca de R$ 60 mil em dinheiro
Este é o segundo ano do Prêmio Braskem de Jornalismo Saúde e Segurança no Trabalho (SST). “Este avanço, além de consolidar o concurso já no segundo ano, fez ampliar na mídia alagoana a produção de reportagens que trazem denúncias ou soluções a respeito das condições de trabalho no Estado, particularmente nas empresas” explicam os organizadores.
Os jornalistas premiados receberam troféus, além de dividir premiação que soma cerca de R$ 60 mil em dinheiro. Tanto o jornal impresso diário Tribuna Independente quanto o portal tribunahoje.com são produtos da Cooperativa de Jornalistas e Gráficos do Estado de Alagoas (Jorgraf).

Veja abaixo os vencedores:

Estudante
1º lugar: SST JOGADAS NO LIXO – ROBERTA MEYCE (UFAL)
2º lugar: BELEZA INSALUBRE: OS RISCOS ENFRENTADOS POR TRABALHADORES EM SALÕES E CENTROS DE BELEZA – MÁRCIO ANASTÁCIO (UFAL)
3º lugar: FALTA DE PROTEÇÃO EXPÔE FRENTISTAS DE ALAGOAS – LUCAS ALCÂNTARA (UFAL)
Menção Honrosa: VIDA NA ESTRADA: O RISCO DE SER CAMINHONEIRO EM ALAGOAS (UFAL)
Radiojornalismo
1º lugar: NR-20: OS COMBUSTÍVEIS E A SAÚDE DOS FRENTISTAS – GIULIANO PORTO E CARLOS MADEIRO (RÁDIO DIFUSORA)
2º lugar: A SAÚDE NO TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE – GIULIANO PORTO E CARLOS MADEIRO (RÁDIO DIFUSORA)
3º lugar: MERCADO ALAGOANO INVESTE EM CONSULTORES PARA SEGURANÇA DO TRABALHO – ALEXANDRE LINO E MARCOS MOREIRA (RÁDIO CORREIO)
Webjornalismo
1º lugar: PERIGO NAS RUAS: EQUIPES DE LIMPEZA URBANA ENFRENTAM RISCOS DIÁRIOS EM MACEIÓ – JAMYLLE BEZERRA (GAZETAWEB)
2º lugar: MOTOBOYS: PROFISSÃO ‘QUASE SUICIDA’ – ANA PAULA OMENA (TRIBUNA HOJE)
3º lugar: MATADOUROS CLANDESTINOS AMEAÇAM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHADOR – ANA PAULA OMENA (TRIBUNA HOJE)
Fotografia - Impresso
1º lugar: RISCO IMINENTE – EDUARDO LEITE (O DIA ALAGOAS)
2º lugar: QUANDO O RISCO É SINÔNIMO DE FATURAMENTO ALTO – DÁRCIO MONTEIRO (GAZETA DE ALAGOAS)
3º lugar: NO AR POR UM FIO – MARCELO ALBUQUERQUE (GAZETA DE ALAGOAS)
Jornalismo impresso (Texto)
1º lugar: PROFISSÃO PERIGO: AS CINCO ÁREAS MAIS ARRISCADAS PARA ATUAR EM ALAGOAS - THAYANNE MAGALHÃES (TRIBUNA INDEPENDENTE)
2º lugar: CADÊ A NR-20 – LÁYRA SANTA ROSA (O DIA ALAGOAS)
3º lugar: 10 MINUTOS: UMA PAUSA PRODUTIVA, SAUDÁVEL E SEGURA (O DIA ALAGOAS)
Reportagem cinematográfica
1º lugar: EDUCAÇÃO É SEGURANÇA – MARCELO HENRIQUE MOURA (TV PAJUÇARA)
Reportagem de TV
1º lugar: SÉRIE ASSÉDIO MORAL: UMA JORNADA DE HUMILHAÇÃO – THIAGO CORREIA, GÉSIAS MALHEIROS E EQUIPE (TV PAJUÇARA)
2º lugar: EDUCAÇÃO É SEGURANÇA – MARIA MACIEL E EQUIPE (TV PAJUÇARA)
3º lugar: ALARMANTE: HGE REGISTRA MAIS DE 300 CASOS DE ACIDENTES DO TRABALHO EM 2014 – MADYSSON WESLEY (TV GAZETA)
Assessoria de imprensa
1º lugar: GRUPO PREVENCIONISTAS: A UNIÃO PELA SEGURANÇA DO TRABALHO EM ALAGOAS – PATRÍCIA BARROS (GRUPO PREVENCIONISTAS)
2º lugar: DICOM DO MPF APRESENTA UM HOTSITE DA ATUAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DA FPI DO SÃO FRANCISCO EM DEFESA DO MEIO AMBIENTE – JANAINA RIBEIRO (MPE)
  
Postar um comentário

Ainda tenho esperança

Por Olívia de Cássia Cerqueira O dia amanheceu com mais uma promessa de vida. É sexta-feira, dia de alegria, como todos devem ser: de agr...