quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Senador Paulo Paim (PT-RS) recebe Título de Cidadão Honorário na ALE

Requerimento propondo a honraria foi do deputado Ronaldo Medeiros (PT\AL)

Olívia de Cássia – Ascom 
(Fotos: Olívia de Cássia)


O plenário da Assembleia Legislativa Estadual (ALE) ficou lotado para a sessão publica realizada na manhã desta quarta-feira, 17, que concedeu o Título de Cidadão Honorário ao senador gaúcho Paulo Paim (PT-RS). O requerimento propondo a honraria foi de autoria do deputado Ronaldo Medeiros (PT\AL). 

O parlamentar justificou a homenagem ao senador gaúcho observando que o senador Paulo Paim é um dos grandes defensores do idoso. “O Estatuto do Idoso é hoje uma lei de sua autoria, veio trazer os direitos que a categoria sonha ter; é um grande defensor dos aposentados e pensionistas também, participando inclusive da valorização do salário mínimo, de comissões que buscam a melhoria da Previdência Social no Brasil”, destacou.

Medeiros disse ainda que o senador Paulo Paim é um homem que muito já fez por Alagoas e pelo Brasil. “Hoje a Assembleia Legislativa vem homenageá-lo por tudo: pelos  32 anos de vida pública limpa;  um exemplo que nós temos que o político brasileiro deve ser”, complementou.

O senador Paulo Paim, homenageado do dia, disse que é um orgulho enorme receber a honraria. “Já recebi esse título em diversos estados, mas fiz questão de estar aqui o mais rápido possível para que conste em meu currículo que aqui, na terra de Zumbi, onde estão as cinzas de Abdias Nascimento, estou sendo homenageado, eu que sou negro também”, observou.

Paulo Paim disse que  Alagoas tem toda uma simbologia: “Foi o grande polo de resistência pela libertação dos escravos e é um prazer imenso ser homenageado; sou o único senador negro, para mim tem um significado além dos que as pessoas podem imaginar. Claro que eu sei que a homenagem é devido ao meu trabalho no Congresso, em defesa dos aposentados, dos trabalhadores e trabalhadoras, mas é com alegria enorme que eu recebo a homenagem, explodindo de satisfação, para que eu possa dizer aos meus netos: ‘sou um cidadão de Alagoas’, a terra de resistência de Zumbi”, pontuou o senador.
O deputado federal Paulo Fernando dos Santos (Paulão) disse que conheceu Paulo Paim quando ele foi um dos percussores da democracia: “Paim foi presidente da Central Única dos Trabalhadores de seu Estado e eu tive a honra de ser parceiro na caminhada; ele metalúrgico no Rio Grande do Sul”, observou.

Como senador Paulão destaca ainda que Paulo Paim é precursor de vários avanços para os aposentados e pensionistas: “Um segmento que anos atrás representava a média de vida de 54 anos; hoje de 74. Há um avanço na estatística, na economia e na inclusão social. Alagoas está de parabéns por conceder essa homenagem, é um gesto de justiça, pelas ações do companheiro, que faz a defesa do segmento com firmeza e tem sido um senador que é um destaque no plano nacional de referência até internacional”, disse.
 

Paulão finalizou observando ainda que o Título de Cidadão Honorário concedido pela Casa de Tavares Bastos ao senador gaúcho “é uma justa homenagem proposta por Ronaldo Medeiros. “É por isso que essa Casa está movimentada, porque as pessoas reconhecem  que ele é uma das poucas vozes que efetivamente faz defesa da classe trabalhadora, principalmente dos aposentados e pensionistas, num  mundo onde a gente está perdendo direitos. De parabéns Ronaldo Medeiros por essa justa homenagem”, ressaltou Paulão.

A audiência pública contou com apresentações culturais das associações de idosos e a presença do deputado federal Paulo Fernando dos Santos (Paulão-PT\AL); Warley Martins, presidente da Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Copabap); João Pimenta; presidente da Associação Nacional dos Aposentados ( Asaprev); o gereontólogo Silvestre dos Anjos, da Faculdade da Cidade de Maceió  (Facima); Gildo Arquimínio, presidente da Federacão das  Associações dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de Alagoas (Faapia)l; Maria de Lurdes Oliveira, presidente da Associação dos Aposentados de Arapiraca, entre outras autoridades.



Postar um comentário