sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Praça Moleque Namorador não terá tradicional festa de Carnaval

 /  Repórter
Tribuna Independente
Petrúcio dos Santos lamenta
 que festa tão tradicional não seja realizada
Foto: Adailson Calheiros
 

Tradicional QG do Frevo de Maceió, a Praça Moleque Namorador, no bairro da Ponta Grossa, na região sul da capital, não vai ter Carnaval com palco armado e banda tocando este ano, depois de 60 anos de realização do evento. A informação é do presidente da Associação de Moradores do bairro, Petrúcio dos Santos, conhecido como Pel.
Segundo seu Petrúcio, que há 25 anos organiza a festa do bairro, o Carnaval da Praça Moleque Namorador foi criado pelo ex-prefeito Sandoval Caju, “mas este ano a Prefeitura não vai investir; o prefeito disse que não tem investimento para fazer o tradicional Carnaval da praça e não vamos fazer”, reclama.
O presidente da associação comenta que no dia 14 de fevereiro, o bloco Moleque Namorador, que tem mais de 20 anos, vai desfilar pela ruas do bairro “e a Praça Moleque Namorador, pela primeira vez vai ficar sem Carnaval”, observa.
Segundo seu Petrúcio dos Santos, no primeiro ano da gestão do prefeito Rui Palmeira, “ele já entrou dizendo que não ia ter carnaval porque tinha muitas pendências e não houve o Carnaval pela prefeitura, mas o governador da época, Teotonio Vilela, sensível com o nosso carnaval, que gera emprego e renda, entrou com a verba, junto com o deputado Marcos Barbosa e a vereadora Silvânia e resgataram tradição naquele ano”, ressalta.
No ano passado, segundo seu Petrúcio, com uma verba de uma emenda parlamentar do deputado federal Paulão, em torno de um milhão de reais, aconteceu o Carnaval mais belo de todos os tempos da Praça Moleque Namorador .
“Mas para nossa surpresa este ano, foi anunciado pela Fundação Cultural, que o Carnaval dos polos não iria acontecer este ano, por razões que ainda não divulgaram na mídia para sabermos qual o motivo”, pontua.
Prefeitura está investindo apenas nos blocos de bairros
A reportagem da Tribuna Independente entrou em contato com a assessoria da Fundação Cultural de Maceió (FMAC) e foi informada que a prefeitura este ano está investindo no carnaval descentralizado, por meio dos blocos carnavalescos, mas que as associações e entidades têm até o dia 30 (esta sexta-feira) para se inscreverem.
Disse ainda a assessoria que também nesta sexta-feira haverá uma reunião para definir algumas questões do Carnaval que ainda estão abertas e que a modalidade de palco e com banda realmente não vai acontecer nos bairros polos por contenção de despesas.
“A ideia é que tenha blocos em todos os bairros”, disse Clarissa Veiga, da FMAC.
No dia 18, a Prefeitura de Maceió divulgou na imprensa que os blocos carnavalescos que desejam obter ajuda de custo para desfilar no Carnaval 2015, em Maceió, podem se inscrever na seleção da FMAC até o dia 30 de janeiro. No total, 63 grupos podem ser selecionados.
De acordo com a Prefeitura de Maceió, a inscrição é destinada apenas para pessoas jurídicas, como associações e agremiações carnavalescas, associações de moradores, cooperativas, federações, organizações não governamentais, entidades filantrópicas e microempreendedores individuais, cujas atividades se relacionem à produção de eventos e festas, sendo aceita apenas uma inscrição por Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).
Postar um comentário

Ainda tenho esperança

Por Olívia de Cássia Cerqueira O dia amanheceu com mais uma promessa de vida. É sexta-feira, dia de alegria, como todos devem ser: de agr...