segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Retrospectiva 2013

Olívia de Cássia – Jornalista

Lá vai 2013 terminando e no balanço de pros e contra, posso dizer que este ano foi denso de situações pesadas e desconfortáveis, mas que conseguimos superá-las, ou pelo menos tentamos, no dia a dia.

Logo no começo do ano perdi dois amigos queridos: Silvio Sarmento,  no dia 7 de março e Cleria Lilian (Kelly) dia 28 do mesmo mês. Silvio nos foi levado por um infarto fulminante e Kelly brutalmente assassinada por um monstro sem coração. 

Agora em dezembro, dia 6, perdi meu irmão, uma pessoa querida e que sempre esteve presente em minha vida. Eu tenho consciência que as perdas fazem parte da vida e que devemos continuar nossa  rotina, lutando por dias melhores e mais justos, mas todas elas nos trouxeram sofrimentos.

No campo profissional posso dizer que foi um ano melhor, de conquistas e algumas realizações e espero que em 2014 eu possa galgar alguns degraus a mais de aprendizado profissional. Por mais que tenhamos chão de batente, sempre temos algo a aprender.

De pronto aqui eu quero agradecer a todos os amigos e familiares que estiveram presentes nos momentos mais difíceis e que me apoiaram nessas situações; espero sempre tê-los por perto e os que não estiveram, quenos aproximemos mais.

Quero agradecer a Deus por ter me dado um pouco de saúde e fortaleza para aguentar todas as dificuldades que foram surgindo e ter me dado a força da superação para cada uma delas.

No mais quero desejar a todos os amigos, colegas de trabalho, vizinhos e familiares um Natal cheio de esperanças, de crescimento pessoal, de amadurecimento, saúde, paz e tranquilidade.

Que em 2014 possamos renovar nossos laços de amizade e fortalece-los a cada dia do ano. Que Deus esteja sempre presente em nossas vidas. Bom dia!
Postar um comentário

Em livro, jornalista mostra como descobriu mais de 80 casos de doença rara na família

By Odilon Rios (Site Repórter Nordeste São grandes os desafios das pessoas que convivem com os efeitos da doença de Machado-Joseph, que é...