segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Mostra Sururu leva cinema alagoano para a praia de Pajuçara

Em sua quarta edição, evento será realizado pela primeira vez na Praça Multieventos


A Mostra Sururu de Cinema Alagoano acontece especialmente em 2013 na Praça Multieventos, entre os dias 6 e 9 de dezembro. Realizada pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas de Alagoas (ABD&C/AL), a mostra tem como objetivo estimular a produção do audiovisual alagoano.

Este ano a Sururu traz uma mostra competitiva com 22 filmes realizados em Alagoas além de debates a cerca do tema. Os trabalhos que irão competir a 4ª edição da Mostra Sururu foram selecionados entre 49 filmes inscritos, um recorde.

A comissão de seleção foi composta pelos membros do Cineclube Projeção. As peliculas concorrem em 11 categorias a soma total de R$ 18 mil em prêmios. Além do troféu Algás de Melhor Ficção e Melhor Documentário, também serão eleitos o melhor diretor; roteiro; ator; atriz; direção de fotografia; montagem; desenho de som, trilha sonora e direção de arte.

Os vencedores serão anunciados em cerimônia realizada no encerramento da mostra, dia 9 de dezembro.
Debates:

Em 2013 o evento promove três debates: Cinema e pensamento: o papel da crítica, da autocrítica e da reflexão na construção de um cenário audiovisual, no domingo (8/12) às 14h; O circuito de festivais e as janelas alternativas para o curta-metragem brasileiro, na segunda-feira (9/12), às 9h; A ABD&C e a representatividade de Classe no Audiovisual, também segunda-feira (9/12), as 15h.

As mesas serão realizadas no Centro Arte Pajuçara. A 4ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano é realizada pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas de Alagoas (ABD&C/AL), a competição tem patrocínio da prefeitura de Maceió, da Algás, e apoio do Sesc Alagoas, AgênciaUm Comunicação e Cineclube Projeção.

Confira a programação completa da mostra abaixo:

1ª dia

Sexta-feira (6/12)
- Futebol na Terra da Rasteira, de Thalles Gomes Camelo (16m50)
- Brêda, de Trinny Alarcon (8m20s)
- Sol Encarnado, de Pedro da Rocha (20m)
- Lixo, de Paulo Silver (9m40s)
- Os Ratos não Descansavam, de Michel Rios (7m14s)
- Diários, direção coletiva (7m40s)
- Missi, de Lays Lins Calisto (7m15s)
- Hoje Não, de Wagner Sampaio (15m)
- Menina, de Maysa Reis e Amanda Duarte (9m43s)

2º dia

Sábado (7/12)
- Rua das Árvores, de Alice Jardim (20m)
- Jorge Cooper, de Victor Guerra (20m)
- Bendita, de Antonio Castro  (4m45s)
- Flamor, de Leandro Alves (14m16s)
- Criatura, de Nivaldo Vasconcelos (6m32s)
- Miss, de Alice Jardim e Lis Paim (2m30s)
- Matador, de Wladymir Lima (13m)
- A Lapinha de Dudé, de Walcler Mendes Junior (30m)

3º dia

Domingo (8/12)
- Maré Viva, de Alice Jardim e Liz Paim (20m)
- Salão dos Artistas, direção coletiva (12m45s)
- Mwany, de Nivaldo Vasconcelos (18m40s)
- O Vulto, de Wladymir Lima (20m)
- Ontem à Noite, de Henrique Oliveira (20m)
Mesas de Debates:
Domingo (8/12), às 14h
Local: Centro Arte Pajuçara

Cinema e pensamento: o papel da crítica, da autocrítica e da reflexão na construção de um cenário audiovisual. Participantes da mesa: Cid Nader (Cinequanon), Ricardo Lessa e Ranieri Brandão (Filmologia), Nuno Balducci e Ismélia Tavares (Cineclube Projeção).

Segunda-feira (9/12), às 9h
Local: Centro Arte Pajuçara

O circuito de festivais e as janelas alternativas para o curta-metragem brasileiro
Participantes da mesa: William Hinestrosa (Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, William Biagioli (Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba), Sérgio Onofre (Festival de Cinema Universitário de Alagoas) e Rafhael Barbosa (Semana do Audiovisual de Arapiraca - Seda)

Segunda-feira (9/12), as 15h
Local: Centro Arte Pajuçara
A ABD&C e representatividade de Classe no Audiovisual

Participantes da mesa: André Leão (atual presidente da ABD nacional), Hermano Figueiredo e Pedro da Rocha (ex-presidentes da ABD&C/AL), Henrique Oliveira (atual presidente da ABD&C/AL)
Postar um comentário

Ainda tenho esperança

Por Olívia de Cássia Cerqueira O dia amanheceu com mais uma promessa de vida. É sexta-feira, dia de alegria, como todos devem ser: de agr...