terça-feira, 3 de abril de 2018

Quero entender ...

Por Olívia de Cássia
(Jornalista aposentada)

Quero entender algumas ilações que permeiam o imaginário de algumas pessoas nass redes sociais, que são atualmente o muro de lamentações. Para quem não sabe o que seja, vai aí a definição: Ilação, gramaticalmente, é um substantivo feminino.

Pesquisei e encontrei que ilação vem do latim “illatione”, que significa ilação, dedução, conclusão. Fazer uma ilação é estabelecer uma conclusão final baseada em alguns dados observados por suposições, é fazer uma dedução de algum fato sem estar diante de provas concretas, de fatos comprovados.

É o que está acontecendo no Brasil, no meio jurídico e no populacho. No meio jurídico, a Constituição do país não está sendo observada, pelo o que dizem alguns estudiosos do direito e a própria imprensa internacional, que tem ouvido especialistas de toda a parte do mundo. É só procurar outros meios de informação que não sejam a revista Veja (que não leio mais), a Globo e suas concorrentes.

Fazia tempo que eu não voltava a falar sobre política ou outro assunto qualquer no blog. A aposentadoria parece que me tirou a vontade que eu tinha quase todo dia, de falar sobre algum tema que me viesse à cabeça e parece que 'tico e teco' já não funionam a contento (rs).

Não sou intelectual, nem sabe tudo, mas procuro entender o mundo e a conjuntura do país e do mundo. Sempre me coloquei ao lado dos menos favorecidos, dos trabalhadores e luto, desde que me entendo de gente, por um país melhor e mais justo.

Já me perguntaram, várias vezes, se estou contra a operação Lava Jato e ojuiz Ségio Moro e eu respondo que não, se ela (a Lava Jato) não fosse tão parcial, ndo uma justiça seletiva.

Não costumo emprenhar pelos ouvidos, mas pelo que tenho entendido, a perseguição ao ex-presidente Lula não tem motivo de ter esse apelo cinematográfico de agora. Sim eu estou do lado de Lula e sempre fui lulista e sei que ele não tem auréola de santo, mas foi quem fez melhor pelo páis.

Estou lendo um livro sobre Getúlio Vargas, do Lira Neto, e algumas situações relatadoso, parece-me com algumas do Brasil de agora. O livro discorre do nascimento de Getúlio Vargas até a chegada ao poder.

Getúlio Vargas também não foi nenhum arauto da pureza, mas foi identificado pela história como defensor das causas sociais e interesses nacionais, incorporando as massas urbanas ao processo político.

"Sua liderança carismática, apesar de controversa, e o grande apoio popular fez com que ele angariasse a popularidade que tem até hoje, mesmo depois de sua morte, por ter inaugurado no país um período de transformações políticas e econômicas, rompendo com o federalismo da República Velha.

Tenho alguns pontos a questionar ddo político como a entrega de Olga Benário aos alemãs nazistas. Até hoje não engulo. Não sou fanática, embora já tenha ganhado esse título de algumas pessoas que me acusam de ser comunista e eu respondo que se ser comunista é defender bandeiras como querer um país melhor e mais justo, mais direitos aos trabalhadores, empoderamento das mulheres, defender outras causa que considero justas, sim, respondo, eu sou comunista, graças a Deus.

Não tenho vergonha de ser quem sou, e não me engano acreditando que exista santidade e pureza em política, porque não é doutrina religiosa e não sou ingênua a esse ponto. Vivi muitos anos nesse meio, desde a universidade. A luta e o confronto são de ideias e projetos, que são diferenciados e o projeto que sempre me identifiquei foi o da esquerda, embora discorde de muitas prátidas e dos erros que foram cometidos e que não omito.

Me revolto com as injustiças sociais e a violência, ao longo dos anos e atualmente no país e no mundo, com o retrocesso do golpe no Brasil e a eleição de Donald Trump nos EUA. Estamos voltando à barbárie.

Não respondo provocações com xingamentos de quem não tem argumentos que me façam mudar de ideia e tento não angariar inimizades, pois tenho amigos que vão da extrema direita à esquerda, procuro não entrar em confronto com quem pensa diferente de mim, mas admito que estou selecionando alguns.

Acho que é desrespeitoso os xingamentos e a falta de educação, com quem quer que seja que pense diferrente. Mas quero entender. Boa noite.
Postar um comentário

A democracia ameaçada

Por Olívia de Cássia Cerqueira Já passa de meio dia; o sol está tinindo, como a gente diz no interior do Nordeste. Descanso do almoço na v...